Gustavo Ribeiro é bronze no Classificatório Olímpico Pro Tour de Roma de skate; japonesas dominam feminino

Português inicia corrida Olímpica para Paris 2024 com bom resultado, atrás de Houston e Giraud. Japonesas ocupam o top 4 do feminino, enquanto brasileiras tiveram erros nas voltas, que diminuíram suas chances nas manobras. O próximo evento Classificatório Olímpico será no Rio de Janeiro.

Sheila Vieira

O português Gustavo Ribeiro começou bem a campanha pela vaga Olímpica no skate street ao levar a medalha de bronze no Classificatório Olímpico Pro Tour de Roma, primeiro evento que vale pontos para o ranking da World Skate, que dará vagas aos Jogos Olímpicos Paris 2024.

O atleta de 21 anos impressionou durante a semana em Roma, especialmente na semifinal, na qual teve a melhor nota entre os skatistas. Na decisão, ele marcou 261.40 pontos, superado pelo americano Nyjah Houston (279.43) e pelo francês Aurelien Giraud, 275.96.

Ribeiro teve um pequeno deslize na primeira volta e tirou uma nota baixa na segunda, o que forçou o português a acertar manobras espetaculares para ir ao pódio. Ele o fez, com direito a um 92.99. Giraud também levantou o público com dois flips na mesma manobra, que valeram 91.98.

"Estou muito feliz, pois foi a primeira qualificação para os Jogos Olímpicos Paris 2024. Infelizmente o resultado não foi o que esperava, mas não posso deixar de estar muito feliz pelo pódio", disse Ribeiro ao Olympics.com em Roma. "Quero dar os parabéns a Aurelien e Nyjah pelo resultado e agora ver como será a qualificação no Rio de Janeiro".

"Senti-me muito confiante todos os dias, consegui tirar ontem a melhor nota nos runs e nos best tricks, passei em primeiro para as finais. Não posso deixar de estar confiante em mim mesmo e continuar", acrescentou o português.

"Minha expectativa é continuar a andar e divertir-me e na próxima etapa não ser o terceiro, mas sim o primeiro", completou Ribeiro.

A Argentina foi uma boa novidade em Roma com Matias Dell Olio e Mauro Iglesias, quarto e quinto colocados, respectivamente. O campeão Olímpico Horigome Yuto ficou abaixo na decisão e terminou em oitavo.

MAIS | Conheça Gustavo Ribeiro, líder do skate português

Final masculina - Pro Tour de Roma

  1. Nyjah Houston (USA) - 279.43
  2. Aurelien Giraud (FRA) - 275.96
  3. Gustavo Ribeiro (POR) - 261.40
  4. Matias Dell Olio (ARG) - 255.40
  5. Mauro Iglesias (ARG) - 255.40
  6. Vincent Milou (FRA) - 247.39
  7. Ryan Decenzo (CAN) - 238.26
  8. Horigome Yuto (JPN) - 169.39

Supremacia japonesa no feminino

O Japão não deu chances às adversárias e conquistou as quatro primeiras colocações da final feminina em Roma.

Nakayama Funa, 17, contou com uma boa primeira volta e duas manobras espetaculares - incluindo um crooked no corrimão que valeu 91.92 - para vencer a competição, um ano após ser bronze em Tóquio 2020. Sua pontuação final foi 264.13.

A campeã Olímpica Nishiya Momiji mostrou muita regularidade para ficar com a segunda colocação com, 255.64. Oda Yumeka completou o pódio e Akama Rizu foi a quarta colocada.

JAPÃO | Saiba mais sobre as principais skatistas do país

Rayssa e Pâmela prejudicadas por quedas nas voltas

As brasileiras Rayssa Leal e Pâmela Rosa terminaram na quinta e na oitava posições, respectivamente. Na semifinal, Rayssa havia avançado na segunda posição e Pâmela em sétimo.

As duas tiveram quedas em suas duas voltas, complicando suas chances, principalmente agora que uma das voltas necessariamente conta para a pontuação final. Pâmela e Rayssa se recuperaram nas manobras, mas não foi o suficiente para ameaçar as japonesas.

No novo formato de pontuação do skate street, uma das duas voltas obrigatoriamente conta para a pontuação final, além das duas melhores notas entre as cinco manobras apresentadas.

Terminando na sétima colocação, a australiana Chloe Covell foi a grande revelação do evento, aos 12 anos de idade. Ela conseguiu a melhor volta de todas as skatistas, com 85.03.

O próximo torneio valendo pontos para o ranking Olímpico no street será o Mundial, no Rio de Janeiro, de 9 a 16 de outubro de 2022. Ele valerá mais pontos para o ranking do que o Pro Tour de Roma.

Já o Mundial de park, também no Rio, entre 2 e 9 de outubro, inicia o ranking Olímpico da disciplina.

Final feminina - Pro Tour de Roma

  1. Nakayama Funa (JPN) - 264.13
  2. Nishiya Momiji (JPN) - 255.64
  3. Oda Yumeka (JPN) - 254.91
  4. Akama Rizu (JPN) - 254.62
  5. Rayssa Leal (BRA) - 247.69
  6. Yoshizawa Coco (JPN) - 242.51
  7. Chloe Covell (AUS) - 230.59
  8. Pâmela Rosa (BRA) - 205.80

Entenda a classificação Olímpica do skate em Paris 2024

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual