Rumo a Beijing 2022: como foi o fim de semana para brasileiros e portugueses

Os últimos dias foram agitados, com destaque para Nicole Silveira no skeleton, Michel Macedo no esqui estilo livre e João Victor Silva na patinação de velocidade. Entre os portugueses, Diogo Marreiros esteve em ação nos Estados Unidos. Em busca de um lugar nos Jogos Olímpicos de Inverno, o Olympics.com faz um resumo dos resultados do fim de semana.

Virgílio Franceschi Neto
Foto: Getty Images

No marco dos 60 dias de uma contagem regressiva para os Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022, muitas competições aconteceram pelo planeta, com atletas do Brasil e de Portugal em disputa por um lugar em Pequim. Na sexta-feira, a brasileira Nicole Silveira obteve o melhor resultado de sempre em uma etapa de Copa do Mundo de skeleton, em Altenberg, na Alemanha, mas também tivemos muita ação no extremo norte da Europa e também no continente americano, com Michel Macedo no esqui estilo livre e João Victor da Silva na patinação de velocidade conseguindo bons resultados. Portugal marcou presença em etapa da Copa do Mundo de patinação de velocidade, com Diogo Marreiros.

O primeiro fim de semana de dezembro foi agitado, prenúncio do que está para vir em fevereiro, e o Olympics.com faz um apanhado dos resultados pelo gelo e neve dos atletas que falam a língua portuguesa.

Brasil em 5º lugar na patinação de velocidade

Em Inzell, na Alemanha, João Victor da Silva disputou a Copa do Mundo Júnior da patinação de velocidade na categoria neo-senior. Na prova dos 1000m, terminou em 12º. No domingo, ficou em 13º nos 500m, mas obteve na largada em massa um excelente e histórico quinto lugar.

Em Salt Lake City, nos Estados Unidos, Larissa Paes competiu no adulto da largada em massa e terminou na 20ª posição da semifinal, completando 13 voltas, prova em que apenas as 18 melhores deram 16 voltas.

Apesar dos bons resultados, João Victor e Larissa estão longe da classificação para Pequim porque não disputarão uma quantidade grande de eventos. O foco dos dois é em Milano-Cortina 2026.

Michel Macedo é prata no esqui alpino

A estação de Sunday River, no Maine (Estados Unidos), recebeu prova do esqui alpino válida para somar pontos para a classificação aos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022. No sábado, Michel Macedo obteve o seu melhor resultado da temporada: quarto lugar no slalom e 46.86 pontos FIS.

No domingo, fez ainda melhor. Uma histórica medalha de prata na prova de slalom e 41.99 pontos FIS. Michel ainda vai disputar alguns eventos regionais e a nacional universitária dos Estados Unidos para somar pontos rumo a Beijing 2022. O melhor brasileiro no ranking da Federação Internacional de Esqui - que será divulgado em meados do mês de janeiro - irá para Pequim.

Nicole Silveira faz história no skeleton

O Brasil também fez história na sexta-feira, em Altenberg, na Alemanha, com o 14º lugar de Nicole Silveira na etapa local da Copa do Mundo. A gaúcha volta às pistas na próxima sexta-feira, dia 10, em mais uma prova da Copa do Mundo, ainda em território alemão, mas desta vez em Winterberg.

Manex dá o troco em Hiestand na Suíça

A localidade suíça de Ulrichen recebeu a Copa Alpina, com provas na sexta-feira, no sábado e no domingo. No masculino, Manex Silva disputou os 10km da categoria júnior no primeiro dia, obtendo a 62ª colocação e 193.58 pontos FIS. Steve Hiestand nos 15km do adulto ficou em 69º e somou 227.67 pontos FIS. No sábado, no sprint livre, Manex ficou em 59º e Hiestand, 89º. Já no domingo, Manex repetiu o 62º lugar dos 10km júnior da largada em massa. Já Hiestand, nos 15km do adulto, não completou a prova.

A disputa entre Manex e Hiestand pela única vaga do Brasil no cross-country masculino em Pequim continua acirrada. Na Itália, na semana anterior, Hiestand levou a melhor. Já na Suíça, Manex teve melhor desempenho.

Entre as mulheres, nos 10km adulto Jaqueline Mourão ficou em 40º lugar e Mika Picin em 51º. Nos 5km júnior, Duda Ribera terminou em 54º. Bruna Moura acidentou-se e não completou a prova. No sábado, no sprint livre, Jaqueline Mourão terminou em 58º, Bruna Moura ficou em 61º, Mika Picin em 66º e Duda Ribera em 68º. Por fim, no domingo, na largada em massa, Mourão terminou em 38º e Picin em 57º, ambas no evento de 10km. Já Ribera, nos 5km júnior, completou a prova em 48º.

São duas vagas que o Brasil possui em Pequim para o esqui cross-country feminino. As melhores no ranking - que será divulgado em meados de janeiro - irão aos Jogos.

O Brasil esteve representado na Noruega, onde aconteceu a segunda etapa da Copa da União Internacional de Biatlo (sigla IBU em inglês), em Sjusjoen, ao norte da capital, Oslo. Matheus Vasconcellos competiu no sprint 10km. Ficou em 115º, com 32min55s9 e somou 291,49 pontos IBU.

O vencedor foi Anton Babikov (Federação Russa de Biatlo) com 24min32s8.

Sabrina Cass estreia na Copa do Mundo

No sábado, dia 4, Sabrina Cass competiu em etapa da Copa do Mundo FIS (sigla em francês para Federação Internacional de Esqui), em Ruka, na Finlândia. A brasileira terminou em 41º lugar, somou 39,54 pontos e não passou para a final. O próximo compromisso será em mais uma etapa da Copa do Mundo FIS, desta vez em Idre Fjall (Suécia).

Manex Silva nos Jogos da Juventude Lausanne 2020.
Foto: COB

Portugal na patinação de velocidade

Vice-campeão mundial e tetracampeão europeu na patinação sobre rodas, Diogo Marreiros participou da segunda etapa da Copa do Mundo ISU (sigla em inglês para União Internacional de Patinação) de patinação de velocidade, em Salt Lake City, nos Estados Unidos. O algarvio ficou em 41º lugar na prova dos 5000m na sexta-feira. No sábado, em 44º nos 1500m. No mesmo dia, terminou a semifinal da largada em massa em 13º lugar e não avançou à final.

No fim de semana de 10 a 12 de dezembro ele vai competir em mais uma etapa da Copa do Mundo, desta vez em Calgary, no Canadá.

Para estar nos Jogos no próximo mês de fevereiro, Marreiros precisa estar entre os 24 melhores do mundo após suas participações nos eventos das Copas do Mundo dos meses de novembro e dezembro de 2021.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual