Confira as convocações do Brasil para os Mundiais de Vôlei

Ainda com poucos cortes a serem feitos para a lista final, equipes já estão definidas para os treinos preparatórios. Carol Gattaz e Wallace retornam após ausência na Liga das Nações. Torneio masculino começa primeiro, em 26 de agosto, e o feminino em 23 de setembro.

Sheila Vieira
Foto: 2021 Getty Images

A Liga das Nações terminou há pouco tempo, mas o mundo do vôlei já se prepara para os Campeonatos Mundiais de 2022. As seleções brasileiras masculina e feminina já estão convocadas para os treinos preparatórios, com poucos cortes a serem feitos para as listas finais.

O técnico José Roberto Guimarães convocou 16 jogadoras para a preparação do Mundial feminino, que acontece entre 23 de setembro e 15 de outubro nos Países Baixos e na Polônia.

Os poloneses também sediarão o Mundial masculino, junto à Eslovênia, entre 26 de agosto e 11 de setembro. O treinador Renan Dal Zotto chamou 15 jogadores para os treinos.

Ausentes da Liga das Nações, os veteranos Carol Gattaz e Wallace reforçam o grupo para as competições mais importantes da temporada.

Saiba mais sobre as equipes que estarão nos Mundiais.

Carol Gattaz abraça Roberta em jogo de Tóquio 2020.
Foto: 2021 Getty Images

Sem Julia Bergmann, com Carol Gattaz

Uma das revelações da campanha do vice-campeonato da Liga das Nações feminina, Julia Bergmann era um desfalque esperado para o Mundial. A ponteira precisa retornar à Georgia Tech, sua universidade nos EUA, para concluir sua formação.

Uma boa novidade é o retorno de Carol Gattaz. Aos 41 anos, a central trará toda a sua experiência para compor uma rede fortíssima com Carol, a melhor central da Liga das Nações.

A ponteira Gabi e a oposta Kisy devem manter suas posições, enquanto Rosamaria, que atua nas duas posições, tenta ganhar espaço na equipe principal.

O Brasil busca seu primeiro título no Mundial feminino de vôlei. Os melhores resultados foram três vice-campeonatos (1994, 2006 e 2010) e um bronze em 2014.

O Grupo D do Mundial conta com a seleção brasileira, junto a República Popular da China, Japão, Colômbia, Argentina e República Tcheca. Os quatro primeiros colocados do grupo avançam para a fase final.

MAIS | Gabi: 'A força do Brasil é o conjunto'

Convocação da seleção feminina de vôlei no Mundial

Uma jogadora deve ser cortadas antes do Mundial.

Levantadoras: Macris e Roberta.

Centrais: Carol, Carol Gattaz, Julia Kudiess e Lorena.

Ponteiras: Gabi, Tainara, Pri Daroit e Rosamaria.

Opostas: Kisy, Lorenne e Lorrayna.

Líberos: Natinha e Nyeme.

A oposta Ana Cristina foi convocada, mas pediu dispensa para a CBV.

Wallace está de volta à seleção

A seleção masculina do Brasil ficou de fora do pódio da Liga das Nações ao perder nas quartas de final para os EUA. No mundial, a equipe participou das últimas cinco finais. As duas últimas terminaram com derrotas para a Polônia.

A maior novidade da convocação de Renan Dal Zotto é Wallace, 36, que voltou atrás da aposentadoria da seleção após Tóquio 2020. A lesão no joelho de Alan na Liga, que o tirou também do Mundial, fez com que a seleção precisasse de um reforço de peso na posição de oposto.

"Acho que a lesão do Alan, infelizmente, aconteceu. E eu acho que talvez a seleção precise um pouco de mim nesse momento. Mais na questão de experiência, passar um pouco mais de experiência para os mais novos, para o Darlan, que está muito bem. Tentar fazer isso da melhor maneira possível", afirmou Wallace ao ge.com.

A seleção brasileira está no Grupo B do Mundial, com Cuba, Japão e Catar.

Convocação da seleção masculina de vôlei no Mundial

Levantadores: Bruninho, Cachopa.

Centrais: Flávio, Leandro Aracaju, Lucão.

Ponteiros: Leal, Adriano, Lucarelli, Rodriguinho.

Opostos: Darlan, Felipe Roque, Wallace.

Líberos: Thales, Maique.

O central Isac foi desconvocado por lesão.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual