Ana Marcela Cunha sobe ao pódio novamente na prova Olímpica de 10km

Nadadora brasileira, que havia vencido os 5km no Mundial de Esportes Aquáticos 2022, conquista o bronze na distância Olímpica com uma chegada emocionante. A baiana compete na sua prova preferida, os 25km, nesta quinta-feira (30).

Sheila Vieira
Foto: 2022 Getty Images

A campeã Olímpica Ana Marcela Cunha subiu ao pódio pela segunda vez no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos FINA 2022 nesta quarta-feira (29 de junho), na prova feminina de 10km. A brasileira ficou com a medalha de bronze, com tempo de 2h02min30s7.

A chegada foi disputada braçada a braçada com a neerlandesa Sharon van Rouwendaal, medalha de ouro, e com a alemã Leonie Beck, que ficou com a prata. Beck chegou meio centésimo depois da campeã, e Ana Marcela um centésimo e meio, fazendo com que a confirmação do resultado viesse no photo finish.

Ana Marcela estava na liderança antes do último quilômetro, mas a neerlandesa e a alemã conseguiram um sprint fulminante nos últimos 500 metros para disputar até o final o título.

Esta foi a 13ª medalha de Ana Marcela no Mundial de Esportes Aquáticos (ela também tem outra do extinto Mundial específico de águas abertas). Na segunda-feira (27), ela venceu a prova dos 5km, chegando a seis ouros no evento.

A distância de 10km é a única que faz parte do programa Olímpico. Ana Marcela ainda não triunfou nesta prova em Mundiais, mas conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

A última prova de Ana Marcela em Budapeste será a sua favorita, os 25km, que venceu nas últimas três edições do Mundial. A disputa será às 2:10 no horário de Brasília, com transmissão no Brasil dos canais Sportv.

As portuguesas Angélica André e Mafalda Rosa terminaram nas sétima e 12ª colocações, respectivamente. Já a brasileira Viviane Jungblut foi a 16ª.

Na prova masculina de 10km, também nesta quarta-feira, Guilherme Costa não conseguiu completar. O nadador está em ação desde o primeiro dia do Mundial, disputando provas de 400m (medalha de bronze), 800m e 1500m livre, além do revezamento misto das águas abertas.

O campeão foi o italiano Gregorio Paltrinieri, que vem das provas longas de piscina, com 1h50min56s8, seguido pelo compatriota Domenico Acarenza e pelo alemão Florian Wellbrock.

Os portugueses Tiago Campos e Diogo Cardoso terminaram em 20º e 27º, respectivamente. O brasileiro Bruce Hanson foi 25º.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual