Resumo do biatlo em Beijing 2022– Principais histórias, momentos e recordes

Das fantásticas cinco medalhas de Quentin Fillon Maillet a Marte Olsbu Roeiseland e os irmãos Boe ressaltando o poder da Noruega, veja os momentos mais memoráveis do biatlo em Beijing 2022, as melhores frases e todas as medalhas

Indira Shestakova
Foto: 2022 Getty Images

O biatlo nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022 foi cheio de emoção e drama. O líder da Copa do Mundo, o francês Quentin Fillon Maillet entrou para os livros de história Olímpica, com suas cinco medalhas em cinco corridas.

A norueguesa Marte Olsbu Roeiseland pode ser chamada de a rainha do biatlo de Pequim. A competidora de 31 anos conquistou três medalhas de ouro e duas de bronze. O mais velho dos irmãos Boe, Tarjei, de 33 anos, teve os Jogos Olímpicos de maior sucesso de sua carreira – apesar de ter ganho ouro em Sochi 2014 e prata em PyeongChang 2018 no revezamento masculino, em Beijing 2022 ele ganhou dois ouros no revezamento, bronze e prata em corridas individuais. O irmão mais novo, Johannes Thingnes Boe, teve uma competição ainda melhor, conquistando quatro medalhas de ouro - duas no revezamento, uma em títulos individuais no sprint 10 km e outra nos 15 km na largada em massa - e bronze no evento dos 20 km individuais.

A perseguição feminina de 10 km teve um dos momentos mais dramáticos da competição de biatlo, quando a norueguesa Ingrid Landmark Tandrevold, que parecia pronta para ganhar o bronze, bateu na parede no loop final. Ela colapsou na linha de chegada em 14º lugar, onde recebeu atendimento médico.

Houve mais drama no revezamento masculino. O ROC liderou a maior parte da competição, mas o ouro escorregou de suas mãos depois que Eduard Latypov errar quatro de seus cinco tiros na fase final, o que o obrigou a completar duas voltas de penalidade - ficando apenas com bronze no final. Os biatletas noruegueses estenderam o espírito do #StrongerTogether com Latypov, pois o vencedor da corrida Tarjei Boe consolou o biatleta do ROC no Instagram. O biatleta aposentado Emil Hegle Svendsen, que esteva em uma situação semelhante em Sochi 2014, tuitou: "Meus pensamentos e sentimentos também para Ed Latypov, eu estive lá (2014). Russos, cuidem bem dele".

Três principais momentos

1. A dominância da Noruega

Os biatletas noruegueses conquistaram medalhas em todas as corridas de Beijing 2022, exceto no revezamento feminino (seis ouros, duas pratas e seis bronzes). Qual foi a principal razão dessa brilhante performance? Sturla Holm Laegreid citou um espírito de equipe vibrante e a vontade de ajudar uns aos outros para o sucesso.

"É um grande estimulador de confiança saber que seus companheiros de equipe o apoiarão, não importa o que aconteça. Se você tiver um dia ruim ou um dia bom, eles sempre torcerão por você e vão te apoiar. E também compartilhamos muitas das nossas coisas, tipo, minha especialidade é talvez o tiro, então eu tento ajudar os outros a melhorar nesse aspecto. E eles podem me ajudar a esquiar mais rápido, então nós sempre nos incentivamos. No final, somos apenas uma equipe incrível que está se ajudando, e também se divertindo".

Marte Olsbu Roeiseland, Tarjei Boe,Tiril Eckhoff e Johannes Thingnes Boe da equipe da Noruega
Foto: 2022 Getty Images

2. O sucesso histórico de Quentin Fillon Maillet

Depois de conquistar sua quarta medalha em quatro corridas (prata no revezamento misto e nos10 km de velocidade, ouro nos 20 km e na perseguição 12,5 km), o francês admitiu que nunca esperava uma participação tão boa. Seu objetivo era ganhar uma no revezamento e uma evento individual. Mas ele fez ainda melhor e conquistou sua quinta medalha (prata) no revezamento masculino – tornando-se o primeiro biatleta da história Olímpica a conseguir esse feito. Fillon Maillet é o primeiro homem a ganhar cinco medalhas nos mesmos Jogos Olímpicos de Inverno desde 1980. Ele também é o primeiro atleta francês a ganhar cinco medalhas nos mesmos Jogos Olímpicos desde 1924.

No último dia de ação do biatlo, Marte Olsbu Roeiseland e Johannes Thingnes Boe se tornaram o segundo e terceiro atletas atrás de Fillon Maillet a ganhar cinco medalhas no biatlo nos mesmos Jogos Olímpicos de Inverno.

Quentin Fillon Maillet da equipe da França
Foto: 1 Getty Images

3. Irmãos no pódio

Os irmãos Boe dividiram o pódio três vezes em Beijing 2022 – ouro no revezamento misto e masculino, ouro para Johannes e bronze para Tarjei nos 10 km sprint. Dividir o pódio possivelmente os tornou os irmãos mais felizes desses Jogos Olímpicos.

Eles não foram os únicos irmãos a ganhar medalhas juntos. A sueca Elvira Oeberg, de 22 anos, fez uma impressionante estreia Olímpica conquistando a prata nos 7,5 km sprint e na perseguição 10 km. Sua irmã mais velha, Hanna Oeberg, de 26 anos, campeã Olímpica em 2018 na prova individual dos 15 km, não conquistou uma medalha individual em Pequim, mas foi peça chave no revezamento feminino. As irmãs Oeberg, juntamente com Linn Persson e Mona Brorsson, fizeram um belo esforço em equipe para conquistar o primeiro ouro Olímpico do país no evento.

Hanna Oeberg e Elvira Oeberg da equipe da Suécia
Foto: 1 Getty Images

O que eles disseram

Para ser honesta, não sei como isso aconteceu. Meu objetivo era ganhar uma medalha de ouro. Agora eu tenho três e dois bronzes. É simplesmente incrível. Estou muito orgulhosa.

Marte Olsbu Roeiseland após conquistar sua quinta medalha em Beijing 2022.

É fácil dizer coisas boas sobre Quentin. Ele tem sido fantástico durante toda a temporada e hoje seu tiro foi perfeito. É sua segunda medalha de ouro, estou muito impressionado com o que ele está fazendo. Ele não é apenas um grande atleta, mas também uma boa pessoa. Ele é um dos nossos bons amigos e merece o que está acontecendo com ele.

Johannes Thingnes Boe sobre o segundo ouro de Quentin Fillon Maillet depois de vencer a perseguição de 12,5 km, em que o francês acertou 20 de 20 tiros.

Eu estava muito orgulhosa dela, uma irmã mais velha muito orgulhosa e feliz por ela, depois de suas pratas no individual. Mas fazer isso juntas agora significa muito. É muito importante.

Hanna Oeberg sobre ganhar uma medalha de ouro no revezamento feminino com sua irmã, Elvira

Lista de medalhas completa do Biatlo em Beijing 2022

Revezamento misto 4x6km (F+M)
Ouro: Noruega
Prata: França
Bronze: ROC

Eventos femininos

Individual feminino 15km
Ouro: Denise Herrmann (GER)
Prata: Anais Chevalier-Bouchet (FRA)
Bronze: Marte Olsbu Roeiseland (NOR)

Feminino de velocidade 7.5km
Ouro: Marte Olsbu Roeiseland (NOR)
Prata: Elvira Oeberg (SWE)
Bronze: Dorothea Wierer (ITA)

Perseguição feminina 10km

Ouro: Marte Olsbu Roeiseland (NOR)
Prata: Elvira Oeberg (SWE)
Bronze: Tiril Eckhoff (NOR)

Revezamento feminino 4x6km
Ouro: Suécia
Prata: ROC
Bronze: Alemanha

Largada em massa feminina 12.5km
Ouro: Justine Braisaz-Bouchet (FRA)
Prata: Tiril Eckhoff (NOR)
Bronze: Marte Olsbu Roeiseland (NOR)

Eventos masculinos

Individual masculino 20km
Ouro: Quentin Fillon Maillet (FRA)
Prata: Anton Smolski (BLR)
Bronze: Johannes Thingnes Boe (NOR)

Masculino de velocidade 10km
Ouro: Johannes Thingnes Boe (NOR)
Prata: Quentin Fillon Maillet (FRA)
Bronze: Tarjei Boe (NOR)

Perseguição masculina 12.5km
Ouro: Quentin Fillon Maillet (FRA)
Prata: Tarjei Boe (NOR)
Bronze: Eduard Latypov (ROC)

Revezamento masculino 4x7.5km
Ouro: Noruega
Prata: França
Bronze: ROC

Largada em massa masculina 15km
Ouro: Johannes Thingnes Boe (NOR)
Prata: Martin Ponsiluoma (SWE)
Bronze: Vetle Sjaastad Christiansen (NOR)

O BIATLO COMEÇA AQUI!

Receba notícias de biatlo, vídeos, destaques dos Jogos Olímpicos de Inverno e muito mais.