Quais são as diferentes provas do esqui cross-country dos Jogos Olímpicos?

Um evento sobrevivente dos primeiros Jogos Olímpicos de Inverno em 1924, o esqui cross-country tem uma rica história de milhares de anos. Junte-se ao Olympics.com para vermos mais de perto as especificações técnicas e disciplinas de um dos eventos de resistência mais árduos nos Jogos (tanto de Verão quanto de Inverno).

Jonah Fontela
Foto: 2019 Getty Images

O esqui cross-country é um dos apenas cinco esportes que fizeram parte em todas as edições de Jogos Olímpicos de Inverno, desde a primeira, em 1924, em Chamonix, França.

Considerando o peso que o esporte do esporte no programa oficial, o Olympics.com oferece um guia, com menos de 60 dias do início de Beijing 2022, sobre as diferenças, grandes e pequenas, entre as disciplinas e técnicas do esqui cross-country.

É importante notar que existem dois métodos usados no esqui cross-country, que é um ramo de uma gama de vários eventos do esqui nórdico, em que os atletas usam bastões de esqui, esquis e pura força a fim de percorrerem grandes distâncias.

Métodos Clássico x Estilo Livre

O primeiro método é o clássico, uma técnica em que os esquiadores se movem para frente e para trás em um movimento feito em sulcos paralelos de neve. A técnica do estilo livre é a mais rápida entre os dois métodos, em que o esquiador movimenta os seus pés para um lado e para o outro, de um jeito bem mais parecido com a patinação no gelo do que mesmo o estilo clássico do esqui cross-country.

Dada esta distinção, vamos agora aos 12 diferentes eventos - seis no masculino e no feminino - que utilizam ambos os métodos de esqui (clássico e estilo livre), e que você vai ver nos Jogos Olímpicos em Pequim.

O skiathlon exige que o atleta use ambas as técnicas (clássica e estilo livre). O evento masculino decorre por 30km (em duas seções de 15km), enquanto que o feminino acontece por 15km (com duas seções de 7,5km). Tanto no skiathlon masculino quanto no feminino, os esquiadores completam uma metade com o método de esqui clássico e a outra com a técnica do estilo livre.

O skiathlon é uma prova de largada em massa, em que todos os atletas começam ao mesmo tempo. Isso também requer uma troca de equipamentos quando percorrida metade dela.

Eventos que não são skiathlon

Em Pequim você vai acompanhar outros eventos baseados na técnica clássica: a corrida masculina de 15km, e a versão feminina, mais curta, de 10km.

Há também dois eventos com o método estilo livre. O primeiro deles é o masculino de 50km e, entre as mulheres, o de 30km, ambos sendo um duro teste de resistência para todos os competidores.

A seguir estão os revezamentos - favoritos entre os torcedores durante os Jogos - com os homens competindo o 4x10km e as mulheres o de 4x5km. As equipes masculina e feminina são formadas por quatro atletas cada, sendo que as corridas começam com uma largada em massa. O primeiro esquiador a cruzar a linha de chegada é o vencedor, e a prova exige que as equipes participantes usem os dois métodos de esquiar (clássico e estilo livre).

Os dois primeiros atletas da equipe esquiam com o estilo clássico, enquanto que os dois últimos usam a técnica do estilo livre.

Depois estão os eventos de sprint masculino e feminino (tanto clássico quanto estilo livre). Nessas corridas individuais (1.4km para os homens e 1.2km para as mulheres), os sprints são configurados de maneira muito parecida ao atletismo. Eles começam com uma fase de classificação e, a partir daí, os dois primeiros colocados em cada bateria avançam das quartas de final para as semifinais até que as fases finais sejam definidas e disputadas.

Esforço coletivo

Para finalizar, as competições feminina e masculina do sprint por equipes (clássico). Este evento consiste de dois esquiadores por equipe, com o primeiro esquiador dando duas voltas no percurso de sprint. Em seguida troca com o seu companheiro de equipe, que então completa duas voltas. Este processo continua até que ambos os esquiadores tenham completado seis voltas completas. A primeira equipe que cruzar a linha de chegada vence.

Todos os eventos do esqui cross-country dos Jogos Beijing 2022 vão acontecer entre 5 e 20 de fevereiro, no Centro Nórdico de Kuyangshu e no Centro de Biatlo em Zhangjiakou, República Popular da China.

Diante disso, esses são os princípios básicos de um dos esportes de inverno mais antigos e venerados, verdadeiro ícone dos Jogos Olímpicos. Agora tudo o que é preciso é magia e drama dos atletas com uma estimulante combinação de força, velocidade e vontade de dar vida ao esporte.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual