Em estreia internacional, casal luso-canadense dá esperança ao curling de Portugal

April Gale-Seixeiro e Steve Seixeiro representaram o país em sua primeira competição internacional na modalidade em Erzurum, na Turquia, e estiveram a dois pontos da classificação para o Pré-Olímpico. Conheça a história do casal que tenta fazer o esporte tradicional no Canadá ganhar destaque em Portugal.

Sheila Vieira

“Vi o Steve nesse lindo uniforme de Portugal e eu comecei a pensar ‘não esperava que minha vida fosse nessa direção, mas meu deus, isso é incrível'”, disse April Gale-Seixeiro ao CBC Sports em 2020. Nessa época, ela e seu marido Steve Seixeiro se preparavam para ser a primeira equipe a representar Portugal em uma competição internacional de curling.

O torneio foi o classificatório para o Pré-Olímpico em Erzurum, na Turquia, que acontece de 5 a 15 de outubro de 2021. Os Seixeiro competiram nas duplas mistas e fizeram muito mais do que cumprir tabela: eles venceram três jogos estiveram a dois pontos de classificar a equipe para o Pré-Olímpico, perdendo por 8-7 para a Turquia, grande favorita do torneio. Com uma média de idade acima da competição, já que o casal beira os 50 anos, o resultado é ainda mais impressionante.

Visando os próximos Jogos Olímpicos, a Federação de Desportos de Inverno de Portugal começou neste ciclo Olímpico a procurar praticantes de curling no país. Sem uma pista, que está para ser construída, a busca não teve tanto sucesso, e a Federação passou a chamar praticantes no exterior.

Na Columbia Britânica, no Canadá, Steve Seixeiro se colocou à disposição. Filho de um casal que imigrou de Portugal nos anos 60, ele cresceu em Toronto, e obviamente era fã de hóquei e do Toronto Maple Leafs.

Apesar do curling ser muito tradicional no Canadá, Seixeiro só descobriu a modalidade com sua esposa. April joga curling desde criança e começou a levar o esporte mais a sério em 1996.

“A primeira vez que eu tentei o curling, tinha certeza que não seria para mim. Eu jogava hóquei. Achava que [curling] era um jogo de amigos. As pessoas saíam para beber depois.”

- Steve Seixeiro ao CBC Sports

Steve Seixeiro (POR) disputa o classificatório para o Pré-Olímpico de curling.
Foto: WCF/ Umit Uzun

No fim das contas, Steve se rendeu ao ‘xadrez no gelo’. Ele pratica o esporte há 20 anos e se tornou um fotógrafo da modalidade. Então o chamado da federação portuguesa foi recebido com muito entusiasmo.

A princípio, ele entraria na equipe masculina de Portugal. No entanto, ao saber que April praticava o esporte desde a infância, a federação propôs que os Seixeiro formassem uma dupla mista. April se animou com ideia e obteve a cidadania portuguesa em 2020.

“Vamos fazer história só por estar lá, sendo o primeiro time de curling de Portugal.”

- April Gale-Seixeiro ao canal OMNI

Não só estiveram lá, como chegaram à ultima rodada dos playoffs e deram trabalho à Turquia. Por mais que a vaga em Beijing 2022 não tenha vindo, o objetivo dos Seixeiro e da federação portuguesa é a longo prazo.

“Queremos ajudar o esporte a crescer em Portugal. Fazer as pessoas praticarem o curling por lá. É um ótimo esporte para aprender e você pode jogar por muitos anos. Tenho amigos com 90 anos que jogam”, disse Steve ao canal OMNI.

Em comum com o curling, Portugal tem a tradição da importância da família e dos amigos.

“O esporte é mais do que uma nação. É uma comunidade. Ter mais pessoas se juntando a essa comunidade é uma coisa boa. Ajuda com diversidade. Ajuda com o interesse e a manter o esporte vivo”.

- Steve Seixeiro à CBC Sports

April Gale-Seixeiro compete no classificatório para o Pré-Olímpico de curling, em Erzurum, Turquia, outubro de 2021.
Foto: WCF/ Umit Uzun

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual