Mundial de Hipismo Adestramento 2022: programação, brasileiros, portugueses e favoritos do classificatório Olímpico

Cathrine Laudrup-Dufour carrega as esperanças da casa em Herning, mas as campeãs Isabell Werth e Charlotte Dujardin estarão entre suas rivais pelo ouro individual. A Dinamarca e a Alemanha surgem como favoritas para a disputa de equipes, que vale vaga em Paris 2024.

Rory Jiwani e Sheila Vieira

Os anfitriões dinamarqueses do Campeonato Mundial de Hipismo Adestramento 2022, em Herning, torcerão mais do que nunca entre 6 e 10 de agosto.

A estrela local Cathrine Laudrup-Dufour foi invencível no CHIO Aachen no último mês, ganhando os quatro eventos individuais e liderando a Dinamarca para uma inédita vitória na Copa das Nações de Aachen diante da Alemanha, na casa dos rivais.

A tentativa alemã de manter sua invencibilidade de 11 anos como equipe na Copa das Nações sofreu um golpe com a eliminação da campeã mundial Isabell Werth no Grand Prix Special.

A Alemanha segue entre os favoritos no Mundial, apesar da ausência da campeã Olímpica Jessica von Bredow-Werndl, que está esperando seu segundo filho.

Isso coloca Laudrup-Dufour como a amazona de melhor ranking na competição, com grande chance de encerrar o jejum de 36 anos da Dinamarca como equipe no Mundial.

Não esqueça também da britânica Charlotte Dujardin, medalha de bronze em Tóquio 2020, e da equipe americana, que foi prata em Tóquio.

O Mundial de Hipismo Adestramento também é um classificatório Olímpico para Paris 2024. As seis primeiras nações da disputa por equipes se classificam para os Jogos Olímpicos daqui a dois anos. Confira as principais informações sobre o evento.

MAIS | O sistema de classificação do hipismo adestramento em Paris 2024

Formato do Mundial de Hipismo Adestramento 2022

Os dois primeiros dias têm os competidores disputando o Grand Prix, com as três melhores notas de cada país decidindo as medalhas da competição por equipes.

A importância não se resume às medalhas, já que as seis primeiras nações se classificam para Paris 2024.

O top 30 do Grand Prix avança para o Grand Prix Special, com as primeiras medalhas individuais sendo distribuídas com essa pontuação.

O top 15 do Grand Prix Special avança para o teste mais difícil e prestigioso: o Grand Prix Freestyle, em que os cavaleiros fazem sua própria coreografia, com alguns movimentos obrigatórios.

Há dois eventos individuais de medalhas no Campeonato Mundial, os Jogos Olímpicos têm apenas um.

Mundial de Hipismo Adestramento: favoritos

O único título mundial da Dinamarca no adestramento veio em 1986. Catherine Laudrup-Dufour pode repetir este feito, após uma semana incrível em Aachen no último mês. Seu cavalo se chama Vamos Amigos.

Desde 1966, os únicos países além de Alemanha e Alemanha Ocidental a levar o ouro foram a União Soviética (1970) e os Países Baixos (2010).

Isabell Werth, de 53 anos, heptacampeã Olímpica, ainda está no jogo. Seu parceiro é DSP Quantaz, de 12 anos. Em Aachen, sangue foi localizado na boca no animal, eliminando a cavaleira. Ela tentará defender seu título na Dinamarca.

A britânica Charlotte Dujardin sempre será ligada a Valegro após ter vencido com o cavalo o ouro em Londres 2012 e Rio 2016. Mas ela finalmente encontrou em Imhotep, conhecido como Pete, um outro parceiro à sua altura.

João Victor Oliva lidera brasileiros no Mundial de Hipismo Adestramento

Principal nome do Brasil no hipismo adestramento, João Victor Oliva, 26, é um dos três brasileiros que competem em Herning. Os outros dois são Pedro Tavares de Almeida, 28, e Nuno Chaves de Almeida, 34.

João Victor fez parte da equipe que conquistou o bronze nos Jogos Pan-Americanos em Toronto 2015 e Lima 2019. Também tem o melhor resultado do Brasil em Jogos Olímpicos no adestramento, 26º em Tóquio 2020. O DNA Olímpico está no paulista, filho da jogadora de basquete Hortência Marcari, medalhista Olímpica de prata. Seu cavalo em Herning será o Escorial Horsecampline, puro sangue lusitano.

Pedro Tavares forma conjunto com Famous da Vouga, puro sangue lusitano. Ele também conquistou o bronze em Lima 2019 com a equipe brasileira, competiu na Rio 2016 e foi reserva em Tóquio 2020. Nuno Chaves é filho de portugueses e nascido no Rio de Janeiro. Competindo pelo Brasil a partir deste ano, faz sua estreia internacional com Feel Good VO.

A equipe de Portugal também terá três atletas: Maria Caetano (com Fenix de Tineo), que competiu em Tóquio 2020, Vasco Mira Godinho (com Garrett) e Martim Meneres (com Equador).

Programação do Mundial de Hipismo Adestramento 2022

Horário de Brasília (quatro a menos do que o horário de Lisboa).

6 de agosto

6:00 - Grand Prix

7 de agosto

6:00 - Grand Prix

8 de agosto

8:30 Grand Prix Special

10 de agosto

15:00 Grand Prix Freestyle

A programação está sujeita a alterações, confira a programação atualizada aqui.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual