Alerta de medalha: Max Parrot é campeão Olímpico do snowboard slopestyle masculino

Sobrevivente de um linfoma, canadense ganha sua segunda medalha Olímpica. Adolescente chinês Su Yiming leva prata e bronze é do canadense Mark McMorris.

Foto: 2022 Getty Images

Pouco mais de três anos após ter um diagnóstico de linfoma Hodgkin, o canadense Max Parrot é campeão Olímpico em Beijing 2022 no snowboard slopestyle masculino.

Com 90.96 na segunda descida da final, o atleta de 27 anos conquista sua segunda medalha Olímpica, após a prata em PyeongChang 2018, nesta segunda-feira, 7 de fevereiro, no Parque de Neve de Genting.

"Definitivamente não queria ganhar outra prata ou o bronze. Queria o ouro. É isso que vinha dizendo nos últimos meses", afirmou Parrot.

O canadense também comentou sobre sua luta contra o linfoma de Hodgkin, diagnosticado no fim de 2018. "Nunca foi uma opção o câncer me vencer. Mas, claro, eu fiquei assustado por muito tempo. Você não sabe como será o tratamento, o que a vida tem guardado para você. Eu estava saudável, tinha 24 anos, era um atleta e tive câncer. Isso prova que pode acontecer com qualquer um. Mas nunca dei uma chance ao câncer. Trabalhava todos os dias para vencê-lo", revelou Parrot.

"Sou muito mais forte mentalmente. Passar por 12 sessões de quimioterapia por seis meses te dá muita força", acrescentou.

O adolescente Su Yiming, 17, da República Popular da China, ficou com a prata, com 88.70.

"Isso significa muito para mim. É uma das coisas mais especiais da minha vida, com certeza. Os Jogos Olímpicos em casa, minha família e amigos me apoiando e dividi o pódio com meu ídolo, Mark McMorris. Ele é meu ídolo desde que comecei no snowboard", afirmou o chinês.

Pela terceira edição consecutiva dos Jogos de Inverno, o canadense Mark McMorris foi bronze, com 88.53.

"Acho que consistência é importante, é o que dizem (risos). Eu pensei 'poxa, mais um [bronze]? Mas poder acertar a última volta e subir pódio, eu pensei que a nota poderia ter sido maior, mas estou orgulhoso de mim mesmo sobre como subi meu nível na última volta. Três de três [Jogos]. está muito bom", opinou o canadense.

Campeão Olímpico em PyeongChang 2018, o americano Redmond Gerard terminou em quarto, com 83.25.

FÃ DE SNOWBOARD? TUDO ISSO PARA VOCÊ.

Receba notícias de snowboard, vídeos, destaques dos Jogos Olímpicos de Inverno e muito mais.