E vão duas vitórias seguidas para Alison dos Santos na Europa

Após regressar à competição com vitória no Memorial Van Damme, em Bruxelas (Bélgica), na penúltima rodada da Liga de Diamante, Alison dos Santos carimbou nova vitória em evento do Continental Tour. Darlan Romani também competiu no arremesso do peso.

Foto: 2021 Getty Images

O Memorial Kamila Skolimowska aconteceu no estádio Slaski, na Silésia (Polônia), e integra a Série Ouro. Alison dos Santos ganhou os 400m com barreiras em 48,50s e estabeleceu um novo recorde do meeting polonês. Isso dias depois de também ganhar em Bruxelas correndo em 48,23s – longe do seu recorde pessoal e quarta melhor marca da história (46,72s) obtida na final Olímpica.

Na briga pelo pódio na Polônia Yasmani Copello (Turquia) foi 2º classificado enquanto segundo Jaheel Hyde (Jamaica) fechou o pódio. Tal como em Bruxelas, nem o campeão Olímpico Karsten Warholm nem o medalha de prata em Tóquio 2020 Rai Benjamin se apresentaram no evento pelo que o medalha de bronze Alison dos Santos aproveitou para somar mais um triunfo na espetacular temporada de 2021.

Outro Olímpico brasileiro esteve em competição. Darlan Romani voltou com um 2º lugar em Eugene (EUA) e um 8º em Lausanne (Suíça), em provas da Liga de Diamante, mas entretanto optou por descansar durante o meeting de Bruxelas.

No arremesso de peso na prova polonesa, o 4º colocado em Tóquio 2020 acabou em 6º lugar com 20,52m na quarta tentativa. Uma vez mais não houve surpresas quanto ao vencedor: o campeão Olímpico e recordista mundial Ryan Crouser (EUA) tem vindo a dominar todas as competições pós-Tóquio 2020 e na Polônia prorrogou seu reinado sem ter sequer que se aproximar dos 23m que já ultrapassou esta temporada. Um lançamento de 22,39m deu o triunfo a Crouser sobre os medalhados nos Jogos Olímpicos, Joe Kovacs (22m) e Tom Walsh (21,68m).

Nota para a vitória portuguesa de Auriol Dongmo no peso feminino com 19,32 à frente de Maggie Ewen (EUA) por um centímetro. Auriol Dongmo foi 4ª em Tóquio 2020.

Auriol Dongmo em ação no Campeonato da Europa de 2021
Foto: Photo by Adam Nurkiewicz/Getty Images for European Athletics

Sprinters aquecem para a final da Liga de Diamante

A campeã Olímpica dos 100m em Beijing 2008 e Londres 2012, Shelly-Ann Fraser-Pryce, venceu em 10,81s e retomou sensações após descansar dos três eventos que correu em uma semana. A jamaicana era o nome forte entre as presentes e mesmo sem conseguir os 10,60s que fez em Lausanne há 10 dias apurou a forma para a final da Liga de Diamante nos dias 8 e 9 de setembro, ela que vai competir depois em Bellinzona no dia 14.

Dos campeões Olímpicos de Tóquio 2020 Andre Degrasse venceu fácil os 200m com marca de 20,21s, Gianmarco Tamberi venceu o salto em altura ultrapassando 2,30m para derrotar Ilya Ivanyuk (2,27m).

Fraser-Pryce celebrando o ouro nos 100m em Londres 2012
Foto: 2012 Getty Images

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual
Assine aqui Assine aqui