Foto: 2018 Getty Images

Vôlei Olímpico em Tóquio 2020: As cinco coisas mais importantes a saber sobre o vôlei Olímpico em Tóquio 2020

Aqui está seu guia do vôlei nas Olimpíadas de Tóquio 2020, neste verão de 2021.
Alessandro Poggi & Gonçalo Moreira

Vôlei é um dos 33 esportes que serão realizados nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, em 2021.

O esporte retorna ao local onde fez sua estréia Olímpica em 1964.

Mas quais são as equipes a serem observadas? Onde serão realizados os jogos? Aqui está nosso guia para as principais informações sobre o vôlei Olímpico.

Seleções favoritas para Tóquio 2020

O atual campeão Olímpico Brasil e a República Popular da China serão as equipes a serem batidas nas competições masculinas e femininas.

Os brasileiros ficaram invictos durante toda a temporada da Copa do Mundo FIVB de 2019, acabando por serem coroados campeões. O MVP do torneio foi Alan Souza, estrela do Sada Cruzeiro, enquanto o levantador Bruno Rezende está em busca de sua quarta medalha Olímpica consecutiva, depois de duas pratas e uma de ouro.

A Polônia será um de seus principais adversários: os campeões mundiais de 2018 podem escalar Wilfredo Leon, o "Cristiano Ronaldo do vôlei", que foi nomeado o melhor jogador de fora do time dos sonhos da Copa do Mundo FIVB de 2019. Leon já havia conquistado a prata para Cuba no campeonato mundial de 2010, antes de representar a Polônia.

A China lidera o jogo feminino como campeã consecutiva da Copa do Mundo FIVB. Quatro de suas jogadoras receberam prêmios individuais, com a estrela Zhu Ting ganhando seu segundo prêmio MVP consecutivo.

A Sérvia é atualmente campeã mundial com a medalhista de prata da Rio 2016 Tijana Boskovic, nomeada a melhor jogadora do torneio em 2018. Durante o evento realizado no Japão, a italiana Paola Egonu chamou a atenção dos torcedores quando liderou a artilharia do torneio com 324 pontos.

Local de competição do vôlei Olímpico em Tóquio 2020

O vôlei de quadra vai decorrer na Ariake Arena. Esta infraestrutura multidisciplinar foi uma de seis instalações construídas para os Jogos e também irá receber o torneio de basquete adaptado durante os Jogos Olímpicos de Verão em 2021.

Formato competitivo do vôlei Olímpico em Tóquio 2020

Tanto no vôlei masculino quanto no feminino em Tóquio 2020, as 12 equipes qualificadas são divididas em dois grupos de seis equipes com cada grupo jogando uma partida eliminatória. As quatro primeiras equipes de cada grupo avançam para as quartas de final e a rodada final é jogada em um sistema de mata-mata.

As partidas de vôlei são jogadas com o melhor de cinco sets. Cada set é jogado a 25 pontos com um time precisando de uma vantagem de dois pontos para vencer o set. Quando um time ganha um ponto, ele serve em seguida. O primeiro time a ganhar três sets leva a partida, mas quando a partida está empatada em dois sets cada, o set final é jogado com 15 pontos.

Volleyball at Tokyo 2020 - Competition Format
Foto: 2020 FIVB

Programação do vôlei Olímpico em Tóquio 2020

A competição decorre entre 24 de julho e 8 de agosto de 2021, com as rodadas preliminares a concluírem a 2 de agosto e as rondas eliminatórias a começarem a 3 de agosto.

As rodadas preliminares serão realizadas em dias alternados masculinos e femininos, cada dia, incluindo seis partidas em três sessões de duas.

Pela primeira vez na história, a competição será concluída com a final feminina, no domingo, 8 de agosto, apenas algumas horas antes da Cerimônia de Encerramento de Tóquio 2020 e um dia depois que o ouro masculino for decidido.

Todos os horários estão no horário padrão do Japão (UTC +9 horas).

Terça 3 de Agosto 19:00 - 22:00

  • Masculino quartas de finais (9:00; 13:00; 17:00; 21:30)

Quarta 4 de Agosto

  • Feminino quartas de finais (9:00; 13:00; 17:00; 21:30)

Quinta 5 de Agosto

  • Masculino semifinais (13:00; 21:00)

Sexta 6 de Agosto

  • Feminino semifinais (13:00; 21:00)

Sábado 7 de Agosto

  • Masculino partida pela medalha de bronze (13.30)
  • Masculino partida pela medalha de ouro (21:15)

Doming 8 de Agosto

  • Feminino partida pela medalha de bronze (9.00)
  • Feminino partida pela medalha de ouro (13:30)

História do vôlei Olímpico

O vôlei tem feito parte do programa Olímpico desde Tóquio 1964.

Com três medalhas de ouro o Brasil é, junto com os Estados Unidos e a antiga União Soviética, a nação mais bem-sucedida da competição masculina.

No torneio feminino apenas cinco nações venceram o título Olímpico em 14 edições: a antiga União Soviética (quatro ouros), Cuba e China (três), Brasil e Japão (dois).

Medalha de ouro em 1996 pelos Países Baixos, Bas van de Goor, foi o único jogador a ser nomeado MVP duas vezes (1996 e 2000), enquanto o tricampeão olímpico americano Karch Kiraly é o único jogador a ter ganho medalhas de ouro Olímpicas tanto no vôlei de quadra (1984, 1988) como no vôlei de praia (1996).

A cubana Ana Fernandez é a atleta mais bem-sucedida na história Olímpica com três medalhas de ouro e uma de bronze entre 1992 e 2004.

No Rio 2016, a selecionadora chinesa Lang Ping tornou-se a primeira pessoa na história do vôlei a ganhar o ouro Olímpico como jogadora (1984) e como treinadora.

Lang é a protagonista da série documental Five Rings Films. "The Iron Hammer" estreia brevemente no Olympic Channel.