Loading...
Grenoble 1968

Olympic Winter Games Grenoble 1968

Grenoble 1968A Tocha

Grenoble_1968_torch_hero
(GETTY IMAGES)

Criação da rota e detalhes

A rota se concentrou em vários centros esportivos na França, e o revezamento passou pelas montanhas do Jura e Vosges, o Maciço Central, os Pirineus e os Alpes, com uma parada em Chamonix, sede dos primeiros Jogos Olímpicos de Inverno, em 1924.

Acesa em Olímpia, a tocha foi levada ao Monte Olimpo, onde foi realizada uma cerimônia em sua homenagem. Em seguida, chegou a Atenas e foi transportada para Paris. Em 19 de dezembro de 1967, foi Jean Vuarnet, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno em Squaw Valley, que a recebeu quando chegou ao aeroporto de Paris-Orly. O primeiro portador da tocha na França foi Alain Mimoun, medalhista de ouro nos Jogos de 1956 em Melbourne e tricampeão Olímpico de prata (Londres 1948 e Helsinque 1952).

Na cerimônia de abertura, os organizadores deram um toque final único ao revezamento, colocando um microfone no peito do último corredor, Alain Calmat. Seu batimento cardíaco podia ser ouvido em todo o estádio enquanto ele subia as escadas em direção à pira Olímpica.

Mapa da Rota

Grenoble-1968-map

Fatos e números

Data de início: 16 de dezembro de 1967, Olímpia (Grécia)

Data final: 6 de fevereiro de 1968, Estádio de Abertura, Grenoble (França)

Primeiro portador da Tocha: Tassos Bahouros

Último portador da Tocha: Alain Calmat, participante Olímpico de patinação artística (1956, 1960, 1964), medalhista de prata em Innsbruck 1964

Número de portadores das Tochas: ~5.000 na França

Recrutamento de portadores das Tochas: O primeiro e o último portador das tochas foram escolhidos pelo Diretor de Esportes do Comitê Organizador, Coronel Marceau Crespin, e pelo Diretor Geral, Dr. Robert Héraut.

Distância: 7.222 km na França: Cerca de 3.500 km foram percorridos à pé; 1.600 em esquis; 300 a cavalo, bicicleta ou barco a remo; e 1.900 utilizando meios mecânicos de transporte (avião, helicóptero, barco de escolta ou veículo).

Países visitados: Grécia e França

Detalhes da Tocha

Descrição: A tocha foi feita de cobre, apresentando uma longa câmara de combustão estreita com uma seção superior enrugada. O cabo foi parcialmente coberto por um pedaço de pano. A parte superior ostenta a inscrição: "Xe Jeux Olympiques d'Hiver Grenoble 1968".

Cor: vermelho e bronze

Comprimento: 70cm

Composição: têxtil e liga de bronze

Combustível: gás propano. Cada lata continha 280 gramas, dando um tempo de queima de mais de duas horas.

Designer/ Fabricante: - / Société technique d'équipements et de fournitures industrielles

Grenoble_1968_Torch_big
(IOC)

Você sabia?

O Comitê Organizador comprou cinco lâmpadas de mineiros, reconhecidas como adequadas para uso em minas onde havia muita lama, para segurar a tocha durante seu transporte por via aérea. Quinze lâmpadas também foram emprestadas pela mina de carvão "La Mure". As cinco lâmpadas pertencentes ao Comitê Organizador apresentavam uma gravação dos anéis Olímpicos e a inscrição: "Grenoble 1968".

A pira Olímpica impressionava, com um diâmetro de quatro metros e um peso de 550kg. Seu prato de três metros de largura tinha 70 queimadores. Um helicóptero a transportou e a ergueu no topo da torre no Estádio de Abertura. O plano original era apagar a chama após a Cerimônia de Abertura, mas os organizadores mudaram de ideia quando perceberam que a chama podia ser vista de longe e encorajaram o público a visitá-la durante os Jogos.

Os locais de competição tinham suas próprias piras menores, com 1,20m de altura e 80cm de diâmetro, com um prato contendo oito queimadores alimentados com propano por dois conjuntos de quatro garrafas escondidos na base.

Para a Cerimônia de Encerramento, a pira do Estádio de Abertura foi transferida para o Estádio do Gelo em um caldeirão em forma de chaminé, com um metro de diâmetro e dois de altura.

Grenoble
1968

Descubra os Jogos

O Logo

Uma identidade visual é criada para cada edição dos Jogos Olímpicos.

Logo

Logo

As Medalhas

Originalmente um ramo de oliveira, os designs de medalhas evoluíram durante os anos.

Medalhas

Medalhas

A Mascote

Uma imagem original precisa dar uma forma concreta ao espírito Olímpico.

Mascote

Mascote

A Tocha

Uma particularidade icônica de qualquer Jogos Olímpicos é que o anfitrião oferece sua versão única.

Tocha

Tocha