Loading...
Atlanta 1996

Atlanta 1996A Tocha

Atlanta_1996_torch_hero
(GETTY IMAGES)

Criação da rota e detalhes

Após a cerimônia de acendimento da tocha em Olímpia e seu revezamento pela Grécia, ela chegou a Atenas em 6 de abril. Para marcar o Centenário dos Jogos, uma comemoração especial foi organizada no Estádio Panatenaico. Estiveram presentes representantes das 17 cidades que sediaram os Jogos de Verão antes de Atlanta. Cada um deles recebeu uma lâmpada de segurança, cuja chama foi acesa por uma tocha principal. Durante os 21 dias seguintes, essas chamas foram celebradas em cada uma das antigas cidades-sede, enquanto a chama principal ardia em Atenas. Essas chamas foram extintas quando a chama principal deixou Atenas para voar para Los Angeles.

Em 27 de abril, a chama chegou a Los Angeles. O revezamento em solo americano começou no Memorial Coliseum, o estádio que sediou os Jogos de Los Angeles em 1932 e 1984. O primeiro portador da tocha foi o olímpico Rafer Johnson, o último portador dos Jogos de 1984. O revezamento passou principalmente por St. Louis, cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 1904.

Em 19 de julho, a chama atingiu a cidade de Atlanta. Para homenagear as origens das Olimpíadas modernas, Evander Holyfield, nascido em Atlanta, compartilhou a tocha com o atleta grego Voula Patoulidou durante parte do percurso pelo estádio da cerimônia de abertura. A nadadora Janet Evans assumiu, circulando a pista antes de descer uma longa rampa no topo da extremidade norte do estádio. Ele entregou a tocha a Muhammad Ali, que teve a honra de acender a pira Olímpica.

Mapa da rota

Atlanta-1996-map

Dados e números

Data de início: 30 de março de 1996, Olímpia (Grécia)

Date de chegada: 19 de julho de 1996, Estádio Olímpico, Atlanta (Estados Unidos)

Primeiro portador da Tocha: Konstantinos “Kostas” Koukodimos, participante olímpico de atletismo (1992, 1996, 2000)

Último portador da Tocha: Muhammad Ali, participante olímpico sob o nome de Cassius Clay no boxe (1960), medalhista de ouro em Roma, 1960

Número de portadores da Tocha: ~ 800 na Grécia, 12.467 nos Estados Unidos

Recrutamento dos portadores da Tocha: Para poder carregar a tocha, os portadores deveriam ter 12 anos ou mais em 17 de abril de 1996. As categorias de portadores incluíam heróis da comunidade, atletas Olímpicos, membros do Movimento Olímpico e membros do programa de seleção nacional e internacional "Share the Spirit", administrado pela Coca- Cola.

Para ser considerado um herói da comunidade, os indivíduos podem se auto-nomear ou ser nomeados por outros. Como parte do processo de inscrição, uma redação de 100 palavras ou menos descrevendo as qualidades da pessoa indicada foi necessária. Os principais critérios do Comitê Organizador para definir um herói da comunidade incluíam trabalho notável como voluntário, serviço como líder comunitário, modelo ou mentor, atos de generosidade ou bondade e feitos ou realizações extraordinárias. Cerca de 40.000 candidaturas foram recebidas, das quais 5.500 heróis da comunidade foram escolhidos.

Distância: 2.141 km na Grécia, 26.875 km nos EUA

Países visitados: Grécia e Estados Unidos

Detalhes da Tocha

Descrição: No cabo de madeira, uma inscrição com a lista dos Jogos Olímpicos de 1896 a 1996, que se refere ao centenário dos Jogos Olímpicos. Ela é inspirada em tochas de junco simples e antigas, nas linhas da arquitetura clássica grega. Suas 22 'barras' de alumínio representam o número total de edições dos Jogos Olímpicos modernos. A parte central da alça é feita de madeira de noz-pecã da Geórgia e está equipada com duas largas faixas de ouro, uma com os nomes de todas as cidades-sede dos Jogos Olímpicos e a outra com o emblema dos Jogos Olímpicos do Centenário de 1996 e o ​​motivo do manto de folhas.

Cores: Prata, ouro, marrom

Altura: 82cm

Composição: alumínio, latão, madeira de noz-pecã

Combustível: propileno. A duração da combustão é de 20 minutos.

Designer / Fabricante: Peter Mastrogiannis, Malcolm Grear Designers / Instituto de Tecnologia da Geórgia

Atlanta_1996_torch_big
(IOC)

Você sabia?

Para anunciar a realização dos Jogos Olímpicos, a chama foi carregada por revezamento ao longo da rota real do Pony Express, que foi recriada ao longo de 875 km entre Julesburg, Colorado, e St. Joseph, Missouri. Ao longo de 58 horas consecutivas, cavaleiros - assim como os pioneiros deste serviço - transportaram mais de 1.000 cartas da Comissão Organizadora.

A bordo do ônibus espacial Columbia, uma tocha apagada foi levada ao espaço pela primeira vez.

A pira Olímpica de 6,4 metros de altura formava o topo de uma torre metálica, que tinha mais de 35 metros de altura e estava ligada ao Estádio por uma ponte de 55 metros. Originalmente, foi planejado que o último portador da tocha cruzaria a ponte e subiria a torre até a pira para acendê-la. No entanto, para tornar a tarefa mais simples para Muhammad Ali e aumentar a visibilidade desse momento, a chama viajou por meio de uma corda do interior do estádio até o caldeirão.

As lâmpadas de segurança mediam 30,5 cm e tinham capacidade de queima de 20 horas. Elas foram alimentadas com parafina líquida.

A madeira que forma a parte central da tocha foi uma doação dos fazendeiros locais e simboliza a conexão entre o céu, a Terra e a chama Olímpica.

Atlanta
1996

Descubra os Jogos

O Logo

Uma identidade visual é criada para cada edição dos Jogos Olímpicos.

Logo

Logo

As Medalhas

Originalmente um ramo de oliveira, os designs de medalhas evoluíram durante os anos.

Medalhas

Medalhas

A Mascote

Uma imagem original precisa dar uma forma concreta ao espírito Olímpico.

Mascote

Mascote

A Tocha

Uma particularidade icônica de qualquer Jogos Olímpicos é que o anfitrião oferece sua versão única.

Tocha

Tocha