Tudo que você precisa saber sobre a Copa do Mundo IBSF de skeleton em 2021/2022

Prepare-se para muita velocidade! A Copa do Mundo de skeleton na temporada 2021/2022 começa em 19 de novembro e terá os principais atletas da modalidade no mundo. É uma oportunidade única dos atletas se prepararem para os esperados Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022.

Clémence Roult
Foto: 2021 Getty Images

Após um evento-teste de muito sucesso que aconteceu em 25 e 26 de outubro em Yanqing, na República Popular da China, na novíssima pista que será usada nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022, a Copa do Mundo 2021/2022 de skeleton começa em 19 de novembro em Innsbruck, Áustria.

Os melhores atletas do skeleton no mundo terão toda uma temporada para se prepararem para os esperados Jogos Olímpicos em Pequim, com o evento final da Copa do Mundo acontecendo em St. Moritz, Suíça, em 14 de janeiro, duas semanas antes do início de Beijing 2022.

Yun Sung-bin, da República da Coreia, atual campeão Olímpico, precisará estar no seu melhor para resistir ao desafio de uma forte equipe alemã e da lenda letã Martins Dukurs.

No feminino, a britânica Laura Deas carregará a esperança de toda a nação ao tentar manter o legado do Team GB. Como Yun, ela terá uma competição forte das alemãs, bem como da austríaca Janine Flock, a última campeã geral da Copa do Mundo.

LEIA: Brasileira Nicole Silveira ganha três provas seguidas na Copa América de skeleton

Lölling, Hermann e Neise, a forte equipe alemã

A Grã-Bretanha espera continuar ganhando no skeleton após Amy Williams vencer em Vancouver 2010 e Lizzy Yarnold ser campeã em Sochi 2014 e PyeongChang 2018. As duas campeãs Olímpicas se aposentaram, deixando as esperanças do Reino Unido nas mãos de Laura Deas, medalhista de bronze em PyeongChang, que terminou em quarto lugar no último Campeonato Mundial.

Mas ela terá uma acirrada competição de três atletas alemãs de respeito: Tina Hermann, bicampeã mundial em 2021, ganhando o individual e o evento misto por equipes, Jacqueline Lölling, prata em PyeongChang e duas vezes vice-campeã em 2021 (individual e evento misto por equipes), e Hannah Neise, campeã mundial juvenil em 2021. Durante o evento-teste de Yanqing, Neise e Lölling terminaram em primeiro, segundo e quarto respectivamente, dando o recado antes do início da temporada.

O terceiro lugar do evento-teste foi Elena Nikitina. A atleta da Federação Russa de Bobsled é uma forte candidata a medalha, depois de levar o bronze em Sochi. Mais recentemente, ela ganhou o título geral da Copa do Mundo em 2019 e foi bronze no Mundial de 2021.

Também fiquem de olho em Janine Flock. A atleta austríaca ganhou pela segunda vez seguida o título geral da Copa do Mundo em 2021. Na última temporada, Flock subiu ao pódio em todos os eventos de Copa do Mundo em que participou, ganhando três medalhas de ouro.

Martins Dukurs busca 11º título geral

Com Beijing 2022 se aproximando, a maior questão no skeleton masculino é se Yun Sung-bin poderá reaver sua coroa Olímpica.

O atleta da República da Coreia ganhou o ouro em casa nos últimos Jogos, tornando-se o primeiro atleta de seu país a ganhar uma medalha fora da patinação de velocidade em pista curta. O 'Imperador', como é chamado pelos fãs, que usa o famoso capacete do Homem de Ferro, tem trabalhado de cinco a seis horas por dia se preparando para a nova temporada, que culmina em Pequim. Como ele disse em entrevista ao Olympics.com, "os Jogos Olímpicos são importantes, mas o objetivo para esta edição é aproveitar o máximo possível sem arrependimentos".

No entanto, fique de olho nos alemães, que querem impedir o bicampeonato de Yun.

O atual campeão mundial individual, Christopher Grotheer, o medalhista de prata na Copa do Mundo de 2020/2021 e bronze no Mundial Alexander Gassner, e Axel Jungk, vice-campeão mundial em 2020, são os destaques da Alemanha que lutarão por vitórias na Copa do Mundo e nos Jogos Olímpicos.

Se atletas de qualquer outro país podem ser uma 'zebra', conte com os irmãos Dukuers, da Letônia. Martins e Tomass têm um histórico excelente em Copas do Mundo. O mais velho, Martins, é um dos maiores campeões do esporte. Entre 2010 e 2021, Martins ganhou dez globos de cristal, seis campeonatos mundiais e duas pratas Olímpicas. Nesta temporada, ele tentará mais um título da Copa do Mundo e também o que ainda não conquistou: o ouro Olímpico.

Calendário da Copa do Mundo IBSF de Skeleton 2021/2022

  • Novembro 19, 2021 - Innsbruck (Áustria)
  • Novembro 26, 2021 - Innsbruck (Áustria)
  • Dezembro 3, 2021 - Altenberg (Alemanha)
  • Dezembro 10, 2021 - Winterberg (Alemanha)
  • Dezembro 17, 2021 - Altenberg (Alemanha)
  • Dezembro 31, 2021 - Sigulda (Letônia)
  • Janeiro 7, 2022 - Winterberg (Alemanha)
  • Janeiro 14, 2022 - St. Moritz (Suíça)

Skeleton em Beijing 2022

Nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022, 50 atletas terão a oportunidade de lutar pela glória Olímpica em dois eventos: masculino e feminino.

As provas serão no Centro Nacional de Gelo de Yanqing. A pista também será usada para o luge e o bobsled.

Calendário do skeleton em Beijing 2022

10 de fevereiro de 2022 (hora local)

  • 9:30-10:24 Masculino Eliminatórias 1
  • 11:00-11:55 Masculino Eliminatórias 2

11 de fevereiro de 2022

  • 9:30-10:24 Feminino Eliminatórias 1
  • 11:00-11:55 Feminino Eliminatórias 2
  • 20:20-21:14 Masculino Eliminatórias 3
  • 21:55-22:40 Masculino Eliminatórias 4

12 de fevereiro de 2022

  • 20:20-21:14 Feminino Eliminatórias 3
  • 21:55-22:40 Feminino Eliminatórias 4

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual