Surfistas do Brasil e de Portugal classificam-se para a terceira rodada dos Jogos Mundiais de Surfe da ISA

Brasileiros Jadson André, Miguel Pupo e Samuel Pupo, mais os portugueses Frederico Morais e Guilherme Fonseca, avançaram no torneio que vale vaga para os Jogos Paris 2024. Guilherme Ribeiro (POR) ficou em terceiro na sua bateria e foi à repescagem. Assista à competição ao vivo através do Olympics.com.

Virgílio Franceschi Neto
Foto: Ben Reed | All rights reserved (benreedphoto@gmail.com)

Boas notícias para as equipes masculinas de surfe do Brasil e de Portugal desde as ondas de Huntington Beach, Califórnia (Estados Unidos), nos Jogos Mundiais de Surfe da ISA.

O torneio dá uma vaga no masculino e uma no feminino para as competições Olímpicas do surfe em Paris 2024, para o Comitê Olímpico Nacional do país do conjunto (time) campeão.

A competição masculina está em andamento e, neste domingo, todos os três brasileiros, mais dois portugueses avançaram diretamente para a terceira fase do evento.

Pelo Brasil, Jadson André venceu sua bateria, enquanto que os irmãos Pupo, Samuel e Miguel, terminaram em segundo lugar.

Por Portugal, Frederico Morais e Guilherme Fonseca também terminaram em segundo, enquanto que Guilherme Ribeiro foi para a repescagem, depois de ter ficado em terceiro na sua bateria do evento regular. Venceu sua disputa na segunda e avançou dentro da repescagem.

Saiba mais como foram as ações do segundo dia dos Jogos Mundiais de Surfe, que está sendo transmitido ao vivo através do Olympics.com.

Leia mais | Entenda como é a classificação Olímpica do surfe

Miguel Pupo durante os Jogos Mundiais de Surfe da ISA 2022, em setembro, em Huntington Beach, Califórnia (Estados Unidos).
Foto: Be Reed | All rights reserved (benreedphoto@gmail.com)

Jadson André avança ao ser o primeiro em sua bateria

Primeiro brasileiro a entrar na água, o potiguar Jadson André venceu sua bateria, a quinta do dia, disputada contra o estadunidense Nat Young, o mexicano Alan Cleland e Che Allan, de Barbados. Fez uma parcial de 14,06 pontos, contra 11,37 de Young, que ficou em segundo.

Samuel Pupo, vice-campeão da etapa de Saquarema da Liga Mundial de Surfe em 2022, teve uma disputa bastante acirrada. Encarou o finlandês Eeli Timperi, o peruano Gabriel Vargas e o italiano Leonardo Fioravanti. O surfista europeu venceu com 12,8 pontos contra 11,6 de Samuel, na segunda colocação e classificado para a próxima rodada. Vargas ficou logo atrás, em terceiro, com 10,24.

Seu irmão mais velho, Miguel, não teve tarefa fácil em sua bateria, a 18ª. Fez 10,6 pontos e ficou em segundo lugar. Na primeira colocação, 0,37 na frente, terminou o panamenho Jean Carlos González, com 10,97. O espanhol Luis Díaz terminou em terceiro, com 9,6.

Leia mais | Conheça a equipe brasileira nos Jogos Mundiais de Surfe da ISA

Guilherme Ribeiro (POR) em ação durante os Jogos Mundiais de Surfe da ISA 2022, em Huntington Beach, California (USA), setembro de 2022.
Foto: Pablo Jimenez/ISA

Dois portugueses avançam direto e um vai para a repescagem

Guilherme Fonseca foi o surfista luso com a maior pontuação do dia, 13,6, entretanto insuficiente para triunfar em sua bateria, vencida pelo costarriquenho Malakai Martínez, com 14 pontos. Ficou em segundo e avançou.

Mesma situação de Frederico Morais, o "Kiko", que fez 10,83, atrás do experiente estadunidense Kolohe Andino, que terminou com 13,6.

Em uma bateria bem disputada, Guilherme Ribeiro fez a terceira pontuação, 9,77, não muito atrás dos 12,1 do primeiro colocado I Ketut Agus (INA) e dos 11,74 do segundo, Jackson Baker (AUS).

O resultado não deu classificação direta para a terceira rodada para o português, que foi para a repescagem em mais uma chance dentro da competição. Ainda no domingo disputou a segunda repescagem e desta vez ficou em primeiro com 10,33 contra 9,63 do segundo colocado, Che Allan, de Barbados. Pontuação que deu a ele um lugar na terceira repescagem.

"Eu sabia que tinha muito mais para dar e se quiser ir além preciso fazer muito mais", comentou Ribeiro para a transmissão oficial do evento. Quando perguntado sobre a união da equipe do seu país, não duvidou: "Estamos unidos, surfamos com o coração, surfamos por um objetivo e vamos por Portugal".

Por fim, completou com uma mensagem para a torcida: "Obrigado a todos que estão a apoiar. Fui à repescagem mais cedo do que esperava, mas cá estamos em busca do sonho. Vamos Portugal!"

Leia mais | Conheça a equipe portuguesa nos Jogos Mundiais de Surfe da ISA

A terceira rodada dos Jogos Mundiais para brasileiros e portugueses

Classificados para a terceira fase do torneio, também estão definidos os confrontos dos surfistas do Brasil e de Portugal, com duelo entre os dois países na oitava bateria:

  • Bateria 3: Jadson André (BRA) x Jackson Baker (AUS) x Levi Young (CAN) x José Gundsen (ARG).
  • Bateria 6: Guilherme Fonseca (POR) x Dylan Groen (GER) x Santiago Muniz (ARG) x Uriel Uziel (ISR).
  • Bateria 7: Samuel Pupo (BRA) x Kolohe Andino (USA) x Joshua Burke (BAR) x Patrick Langdon-Dark (GBR).
  • Bateria 8: Frederico Morais (POR) x Miguel Pupo (BRA) x Keanu Kamiyama (JPN) x Leonardo Fioravanti (ITA).

Repescagem

  • Bateria 4: Guilherme Ribeiro (POR) x Leandro Castillo (DOM) x Oscar Urbina (CRC) x Jackson Obando (NCA).

Jogos Mundiais de Surfe: programação de segunda-feira, 19 de setembro

A programação pode sofrer alterações de acordo com as condições climáticas.

Nesta segunda-feira 19 de setembro começa a disputa entre as mulheres. Para o masculino será dia de descanso.

  • 7:30 locais (11:30 de Brasília, 15:30 em Lisboa) - primeira rodada feminina - Baterias 1 a 16 - Pódio Norte
  • 7:30 locais (11:30 de Brasília, 15:30 em Lisboa) - primeira rodada feminina - Baterias 17 a 32 - Pódio Sul
  • 12:50 locais (16:50 de Brasília, 20:50 em Lisboa) - segunda rodada feminina - Baterias 1 a 8 - Pódio Sul
  • 12:50 locais (16:50 de Brasília, 20:50 em Lisboa) - segunda rodada feminina - Baterias 9 a 16 - Pódio Norte

Como assistir aos Jogos Mundiais de Surfe da ISA

O Olympics.com transmite o evento ao vivo para todo o mundo.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual