Rumo a Paris 2024: confira o sistema de classificação do ciclismo BMX racing

A colombiana Mariana Pajon e o favorito da casa Sylvain Andre são dois dos 48 ciclistas que vão lutar por uma cota Olímpica no esporte explosivo de BMX racing. Descubra abaixo tudo o que você precisa saber sobre o caminho para a classificação.

Marta Martín

O BMX Racing, esporte que combina habilidade, bravura e imensa velocidade, estreou nos Jogos Olímpicos em Beijing 2008.

Nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, 48 atletas (24 homens e 24 mulheres) vão competir pelo pódio.

A França, como país anfitrião, receberá uma vaga de cota por gênero, com mais uma por gênero reservada para as vagas de Universalidade. O que deixa mais 44 cotas que precisam ser conquistadas no caminho para Paris 2024.

Descubra tudo o que você precisa saber sobre o sistema de classificação do BMX Racing para os próximos Jogos Olímpicos.

Quantos ciclistas de BMX Racing competirão em Paris 2024?

Um número par de atletas masculinos e femininos competirão em Paris 2024, com 24 ciclistas por gênero.

Conforme mencionado acima, o país anfitrião, a França, receberá uma cota por gênero, com um lugar adicional por gênero reservado para o lugar de universalidade.

Cada CON (Comitê Olímpico Nacional) é elegível para ganhar no máximo três cotas por gênero. E tal como acontece com outras disciplinas de ciclismo, qualquer atleta que se inscreva noutra disciplina de ciclismo tem direito a ser inscrito em corridas de BMX desde que o CON tenha obtido uma quota de lugar na referida prova, respeitados os limites de participação por CON e por evento não sejam excedidos e que os requisitos de elegibilidade do atleta sejam atendidos.

Conheça os requisitos de elegibilidade aqui.

LEIA MAIS: Sistema de classificação de ciclismo de pista

Qual é o caminho de classificação do BMX Racing para Paris 2024?

No BMX Racing, as cotas Olímpicas são atribuídas aos CONs e há quatro rotas disponíveis para garanti-las: o ranking Olímpico, os campeonatos continentais 2023 (exceto Europa e Oceania), os campeonatos mundiais de 2023 e o campeonato mundial de 2024.

Ranking de classificação Olímpica UCI BMX Racing a partir de 4 de junho de 2024 - 34 cotas (17 por gênero)

As cotas são distribuídas da seguinte forma:

  • 1 e 2 CONs classificados: 3 atletas qualificados por CON por gênero
  • 3-5 CONs classificados: 2 atletas qualificados por CON por gênero
  • CONs classificados de 6 a 10: 1 atleta qualificado por CON por gênero

O ranking Olímpico é calculado pela soma dos pontos UCI dos três atletas mais bem classificados (categorias Elite e U23) de cada CON. Os pilotos podem ganhar pontos de 1 de agosto de 2022 a 2 de junho de 2024. Aqui estão as competições em que podem obter pontos para seus CONs:

  • Campeonatos Mundiais UCI BMX Racing em 2023 e 2024.
  • Copa do mundo UCI BMX Racing: os 14 melhores resultados no período de classificação.
  • Campeonatos Continentais de BMX: 1 resultado no período de classificação. Caso tenha havido mais de um campeonato continental realizado na região, apenas o resultado do tempo mais próximo ao final do período de classificação é usado para aquele continente.
  • Competição Internacional (HC): os 3 melhores resultados no período de classificação.
  • Competição Internacional (C1): os 7 melhores resultados no período de classificação.
  • Campeonatos Nacionais: 1 resultado, CN em 2023.

Descubra como os pontos serão calculados aqui.

Caso os CONs estejam empatados, suas posições serão determinadas pelo Ranking Individual UCI BMX Racing de seus pilotos em 4 de junho de 2024 na seguinte ordem:

  • O atleta mais bem colocado no ranking individual Elite
  • O atleta mais bem colocado no ranking individual Sub23
  • O atleta mais bem colocado no ranking individual júnior

Há outro fator a ser considerado para a Europa e Oceania: a alocação mínima por continente. Caso algum desses continentes não tenha pelo menos um CON representado, a(s) última(s) vaga(s) de cota disponível no Ranking Olímpico será(ão) alocada(s) ao CON mais bem classificado daquele continente. Qualquer alocação desse tipo resultará em uma redução correspondente de lugares na ordem inversa do ranking Olímpico - sempre contando que tal redução não resultaria na perda de sua única cota pelo continente do CON em questão.

Campeonatos continentais de BMX Racing 2023 (exceto Europa e Oceania) - 6 cotas (3 por gênero)

Os CONs que não obtiverem cotas do ranking Olímpico podem qualificar no máximo 1 lugar de cota nos campeonatos continentais de BMX Racing (categoria elite) para o CON mais bem classificado nos três campeonatos continentais: África, América e Ásia.

Campeonato Mundial UCI BMX Racing 2023 - 2 cotas (1 por gênero)

O CON do atleta mais bem classificado no campeonato mundial de 2023 (categoria de elite) receberá uma cota, desde que o CON em questão ainda não tenha qualificado nenhum lugar de cota através do ranking Olímpico ou dos campeonatos continentais.

Campeonato mundial UCI BMX Racing 2024 - 2 cotas (1 por gênero)

O CON do atleta mais bem classificado no campeonato mundial de 2024 (categoria de elite) receberá uma cota, desde que o CON em questão ainda não tenha se classificado para nenhuma vaga de cota por meio do ranking Olímpico, dos campeonatos continentais ou do campeonato mundial de 2023.

Qual é o formato e o cronograma de competição do BMX Racing em Paris 2024?

O Estádio de BMX de Saint-Quentin-en-Yvelines sediará os eventos BMX Racing, com a competição ocorrendo nos dias 1 e 2 de agosto de 2022.

São dois eventos: masculino e feminino, e o formato será o mesmo dos Jogos anteriores, com rodadas preliminares seguidas de finais explosivas, onde estão em jogo três medalhas Olímpicas para homens e mulheres.

LEIA MAIS: O calendário de competições para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 foi divulgado

Pilotos de BMX Racing para assistir em Paris 2024

Quando se fala de BMX, é preciso falar de Mariana Pajon. A ciclista colombiana é a única atleta a ter conquistado três medalhas Olímpicas no esporte e a primeira mulher a conquistar dois títulos consecutivos no BMX. Ela ganhou ouro em Londres 2012 e Rio 2016, antes de conquistar a prata nos Jogos do ano passado em Tóquio.

Ela espera continuar fazendo jus ao seu apelido de 'rainha do BMX' em Paris 2024.

A França é uma potência das corridas de BMX, com Sylvain Andre, Romain Mayet e Eddy Clerte, todos esperando estrelar seus Jogos Olímpicos em casa.

Os atuais campeões Olímpicos são Niek Kimmann, dos Países Baixos, e Bethany Shriever, da Grã-Bretanha, que estarão entre os favoritos para manter seus títulos em Paris.

Laura Smulders (Países Baixos), Zoe Claessens (Suíça) e Cédric Butti (Suíça) também provaram nesta temporada que estão em forma e prontos para lutar pela glória Olímpica.

Cronograma de classificação do BMX Racing para Paris 2024

  • 1 de agosto de 2022 - 2 de junho de 2024: Período de classificação Olímpica de corrida de BMX
  • 3 de agosto a 13 de agosto de 2023: Campeonato mundial de ciclismo UCI 2023 em Glasgow, Escócia
  • 1º de outubro de 2023: Convites de lugar de universalidade enviados
  • 15 de janeiro de 2024: CONs são convidados a se candidatarem a vagas de universalidade
  • 4 de junho de 2024: O ranking de classificação Olímpica UCI BMX Racing e o ranking individual UCI BMX racing elite são publicados
  • 11 de junho de 2024: UCI informará os CONs/Federações de suas cotas alocadas
  • 25 de junho de 2024: CONs devem confirmar o uso de cotas alocadas para UCI
  • 26 de junho de 2024: UCI devem realocar todos os lugares de cota não utilizados
  • 8 de julho de 2024: prazo para inscrições esportivas para Paris 2024
  • 26 de julho a 11 de agosto de 2024: Jogos Olímpicos de Paris 2024

Saiba mais sobre o sistema de classificação para outros esportes que estarão em Paris 2024.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual