Rumo a Paris 2024: confira o sistema de classificação do futebol

Bastante popular, modalidade é uma das mais antigas no Programa Olímpico. Descubra abaixo tudo o que você precisa saber sobre a quantidade de seleções, estrelas para ficar de olho e o caminho rumo à classificação.

O futebol é uma das modalidades mais antigas no Programa Olímpico, disputado desde Paris 1900, com exceção nos Jogos Los Angeles 1932. Desde sempre, disputar o seu torneio e obter uma medalha tornou-se objetivo de futebolistas do mundo todo. A partir de Atlanta 1996, a competição feminina passou a fazer parte da programação.

Entre os homens, as seleções europeias dominaram o certame até Barcelona 1992, quando a seleção espanhola faturou o ouro. Depois disso apenas equipes sul-americanas e africanas venceram - exceto o México em Londres 2012 -, com destaque para o bicampeonato da Argentina (2004 e 2008) e do Brasil (2016 e 2020). Entre as mulheres, em sete edições o título foi cinco vezes para a América do Norte: Estados Unidos (Atlanta 1996, Atenas 2004, Beijing 2008 e Londres 2012) e Canadá (Tóquio 2020).

Paris 2024 marca o retorno do esporte para a cidade onde o futebol estreou nos Jogos, testemunhou o surgimento da "Celeste Olímpica" (como é conhecida a seleção do Uruguai) em 1924 e onde foi fundada a entidade máxima desse esporte, a FIFA (sigla em francês para Fédération Internationale de Football Association - Federação Internacional de Futebol), em 21 de maio de 1904, na rua Saint Honoré 229.

Em Paris 2024 o futebol vai começar em 24 de julho, dois dias antes da Cerimônia de Abertura dos Jogos, dia 26. Ao todo serão 28 seleções (12 no torneio feminino e 16 no torneio masculino) que estarão em busca da glória Olímpica, mesmo número em relação a Tóquio 2020. Elas estarão distribuídas em seis sedes:

Saiba mais sobre o sistema de classificação do futebol para Paris 2024.

O goleiro Olavi Laaksonen (FIN), não consegue evitar o gol da Áustria em cobrança de pênalti durante o torneio de futebol dos Jogos Helsinque 1952.

Número de seleções

Feminino

Serão 12 equipes no torneio feminino, sendo ao todo 216 atletas (18 por equipe). Uma vaga pertence à equipe do Comitê Olímpico Nacional (CON) do país sede (França), enquanto as outras 11 serão disputadas pelas equipes de Comitês Olímpicos Nacionais de todo o mundo, através de torneios de classificação.

Masculino

Serão 16 equipes no torneio masculino, sendo ao todo 288 atletas (18 por equipe). Uma vaga pertence à equipe do Comitê Olímpico Nacional (CON) do país sede (França), enquanto as outras 15 serão disputadas pelas equipes de Comitês Olímpicos Nacionais de todo o mundo, através de torneios de classificação.

Limite de idade

Não há limite de idade no torneio feminino em Paris 2024, bem como nas competições que classificam as seleções dos Comitês Olímpicos Nacionais para os próximos Jogos.

No torneio masculino, atletas nascidos a partir de 1º de janeiro de 2001 (com 23 anos de idade durante a realização de Paris 2024) estão aptos para disputar as partidas de classificação e da competição dos próximos Jogos. Entretanto, três (3) futebolistas nascidos antes da data mencionada, acima do limite de idade, podem ser incluídos na lista de convocados (18 jogadores por equipe).

Seleção do Canadá campeã Olímpica do torneio feminino do futebol em Tóquio 2020, em Yokohama, no Japão, em 6 de agosto de 2021.
Foto: NAOMI BAKER/GETTY IMAGES

Sistema de classificação

Os torneios de classificação para Paris 2024 devem ser organizados pela FIFA em colaboração com as respectivas confederações regionais:

  • África (CAF - sigla em francês para a Confederação Africana de Futebol)
  • América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF - sigla em inglês para a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe)
  • América do Sul (CONMEBOL - Confederação Sul-americana de Futebol)
  • Ásia (AFC - sigla em inglês para a Confederação Asiática de Futebol)
  • Europa (UEFA - sigla em inglês para a União Europeia de Associações de Futebol)
  • Oceania (OFC - sigla em inglês para a Confederação de Futebol da Oceania)
Neymar comemora com o goleiro Weverton a cobrança final para o primeiro título Olímpico do futebol do Brasil, nos Jogos Rio 2016, em 20 de agosto, no Maracanã.
Foto: 2016 Getty Images

Distribuição das vagas e programação

Torneio Olímpico feminino

As 12 vagas da competição feminina dos Jogos Paris 2024 serão assim distribuídas através de torneios de classificação:

  • África: 2 vagas - torneio de classificação a ser definido.
  • América do Norte, Central e Caribe: 2 vagas que serão disputadas através do torneio regional da CONCACAF, no México, entre 4 e 18 de julho de 2022.
  • América do Sul: 2 vagas - torneio de classificação a ser definido.
  • Ásia: 2 vagas - torneio de classificação a ser definido.
  • Europa: 2 vagas - torneio de classificação a ser definido.
  • Oceania: 1 vaga - torneio de classificação a ser definido.
  • País sede (França): 1 vaga.

Torneio Olímpico masculino

As 16 vagas da competição masculina dos Jogos Paris 2024 serão assim distribuídas através de torneios de classificação:

  • África: 3,5 vagas (4ª vaga poderá ser obtida através de repescagem contra representante asiático) - torneio a ser definido.
  • América do Norte, Central e Caribe: 2 vagas que serão disputadas através do torneio regional sub-20 da CONCACAF, em Honduras, entre 18 de junho e 4 de julho de 2022. As seleções dos Estados Unidos e da República Dominicana, finalistas dessa competição regional, garantiram um lugar nos próximos Jogos.
  • América do Sul: 2 vagas - torneio a ser definido.
  • Ásia: 3,5 vagas (4ª vaga poderá ser obtida através de repescagem contra representante africano) - torneio a ser definido.
  • Europa: 3 vagas - torneio a ser definido.
  • Oceania: 1 vaga - torneio a ser definido.
  • País sede (França): 1 vaga.

África e Ásia jogarão repescagem qual das duas confederações regionais terá uma quarta em Paris 2024.

Annika Nessvold (SWE) domina a bola sob o olhar de SUN Qingmei (CHN), durante o torneio feminino de futebol dos Jogos Olímpicos Atlanta 1996.

Futebolistas para ficarmos de olho

Entre as mulheres, as tetracampeãs Olímpicas estadunidenses sempre serão consideradas as favoritas ao título. Grande nome do futebol mundial Megan Rapinoe (USA), caso convocada estará com 39 anos em Paris 2024 e em busca da sua segunda medalha de ouro em Jogos. Campeãs em Tóquio 2020, as canadenses querem repetir o feito na capital francesa. Em caso de classificação, o Brasil já não vai contar com Formiga - que esteve presente em todas as edições de Jogos desde Atlanta 1996 -, mas é bom ficar de olho nas atacantes Bia Zaneratto e Debinha.

Atravessando o Atlântico, as seleções da Europa são fortes concorrentes à glória Olímpica. Prata em Tóquio 2020 e em segundo lugar no ranking da FIFA, em Paris 2024 a Suécia poderá contar com a força e liderança de Emma Blackstenius, assim como a Espanha, que tem como referência Alexia Putellas, que em 2021 faturou os títulos de futebolista europeia do ano, o prêmio para mulheres da "Bola de Ouro" concedido pela revista francesa "France Football" e o "The Best" da FIFA, escolhida como a melhor futebolista do mundo. A França, terceira colocada no ranking da FIFA, em Paris 2024 vai jogar em casa contará com o forte apoio da torcida.

Entre os homens, o Brasil é o atual campeão do mundo sub-17 da FIFA em 2019 e, se classificado para Paris 2024, buscará o tricampeonato Olímpico consecutivo. Uma das estrelas das suas seleções de base é o atacante Gabriel Veron. Arnaud Kalimuendo (FRA) é um atacante que merece destaque. Fez cinco gols naquele mundial sub-17 e poderá fazer a diferença para a equipe da casa rumo ao título Olímpico, sendo que na última temporada fez 12 gols pelo seu clube, o Lens.

Wilfired Gnonto é grande revelação italiana, com três gols no mundial sub-17. Na temporada 2021/2022 fez cinco gols em 10 jogos. É o atual campeão suíço pelo seu clube, o Zürich, e fez parte do plantel da seleção principal para a Liga das Nações da UEFA, inclusive participou com assistência para o gol no empate contra a Alemanha.

Ronaldinho Gaúcho e Messi se cumprimentam após o fim da partida entre Brasil e Argentina pela semifinal masculina do futebol dos Jogos Olímpicos Beijing 2008.
Foto: 2008 Getty Images

A linha do tempo da classificação do futebol para Paris 2024

Torneio feminino

  • A definir: torneio classificatório da Ásia (AFC).
  • A definir: torneio classificatório da África (CAF).
  • 4 a 18 de julho de 2022: Campeonato Feminino da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF), no México.
  • A definir: torneio classificatório da América do Sul (CONMEBOL).
  • A definir: torneio classificatório da Oceania (OFC).
  • A definir: torneio classificatório da Europa (UEFA).
  • Setembro de 2023: repescagem da CONCACAF para o torneio Olímpico (formato a ser decidido).

Torneio masculino

  • 18 de junho a 4 de julho de 2022: Campeonato Masculino sub-20 da CONCACAF, em Honduras.
  • A definir: torneio classificatório da Ásia (AFC).
  • A definir: torneio classificatório da África (CAF).
  • A definir: torneio classificatório da América do Sul (CONMEBOL).
  • A definir: torneio classificatório da Oceania (OFC).
  • A definir: torneio classificatório da Europa (UEFA).
  • A definir: jogo(s) da repescagem intercontinental entre África e Ásia.

  • Data a definir: a FIFA vai enviar o formulário de aceitação para todos os Comitês Olímpicos Nacionais, duas semanas depois do término da última partida de classificação para Paris 2024.

  • Data a definir: prazo para os Comitês Olímpicos Nacionais, que tiveram suas equipes classificadas para Paris 2024, confirmarem o uso das vagas.
  • Data a definir: a FIFA reloca aquelas vagas que eventualmente não forem confirmadas.
  • 8 de julho de 2024: prazo para as inscrições esportivas para Paris 2024.
  • 24 de julho a 9 de agosto de 2024: realização dos torneios Olímpicos de futebol, feminino e masculino.
  • 26 de julho a 11 de agosto de 2024: Jogos Olímpicos Paris 2024.

Clique aqui para ver todos os sistemas de classificação de Paris 2024.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual