Shaun White aproveita última chance e conquista vaga na final do snowboard halfpipe

Norte-americano vai em busca do tetracampeonato em Jogos. Entre as mulheres, destaque para Chloe Kim (USA), que defende o título Olímpico. O Olympics.com faz um resumo de como foi o classificatório de hoje no Parque de Neve de Genting, em Zhangjiakou.

Virgílio Franceschi Neto
Foto: 2022 Getty Images

Um dos eventos mais aguardados dos Jogos Olímpicos de Inverno começou na manhã desta quarta-feira, em Pequim: o halfpipe do snowboard, com as apresentações classificatórias para as finais do feminino e do masculino. Foram duas apresentações tanto para homens quanto para mulheres, que reuniu lendas do esporte como Shaun White (USA), Chloe Kim (USA) e HIRANO Ayumu (JPN).

Vale o tetracampeonato Olímpico de Shaun White em seus últimos Jogos, ou o tão aguardado título em Jogos de HIRANO Ayumu. Entre as mulheres, Chloe Kim quer repetir a conquista de 2018 e manter os Estados Unidos no pódio, algo que sempre aconteceu desde a estreia do evento no programa Olímpico, em Nagano 1998. Já a experiente Queralt Castellet (ESP) tem um impressionante currículo, mas ainda não tem a medalha em Jogos e Beijing 2022 pode ser uma última chance.

LEIA: Shaun White busca a despedida perfeita em Beijing 2022

Pódio em PyeongChang 2018

Feminino

  • Ouro: Chloe Kim (USA)
  • Prata: LIU Jaiyu (CHN)
  • Bronze: Arielle Gold (USA)

Masculino

  • Ouro: Shaun White (USA)
  • Prata: HIRANO Ayumu (JPN)
  • Bronze: Scotty James (AUS)

O local foi Parque de Neve de Genting com sua pista de 220 metros de extensão e 18,2º de inclinação. O evento feminino contou com 22 atletas, com 12 se classificando para a final. No masculino, 25 participaram e 12 avançam para a final.

O Olympics.com faz um resumo das ações do halfpipe do snowboard em Zhangjiakou e os 24 finalistas (12 mulheres e 12 homens) para amanhã.

Feminino

Entre as mulheres, algumas curiosidades: três chinesas estão entre as 12 finalistas: CAI Xuetong, LIU Jiayu (prata em PyeongChang 2018) e QIU Leng. Três japonesas também: ONO Mitsuki, TOMITA Sena e TOMITA Ruki.

No geral, Chloe Kim lançou o recado de que para tirar o título Olímpico dela, será difícil. Ela terminou em primeiro lugar quatro pontos a mais que a que ficou em segundo. A classificação final foi a seguinte:

  • Chloe Kim (USA) - 87.75
  • ONO Mitsuki (JPN) - 83.75
  • CAI Xuetong (CHN) - 83.25
  • Queralt Castellet (ESP) - 78.75
  • TOMITA Sena (JPN) - 75.75
  • TOMITA Ruki (JPN) - 74.25
  • LIU Jiayu (CHN) - 72.25
  • Berenice WICKI (SUI) - 71.50
  • Elizabeth Hosking (CAN) - 70.50
  • 10º Brooke Dhondt (CAN) - 70.00
  • 11º Leilani Ettel (GER) - 68.75
  • 12º QIU Leng (CHN) - 66.25

Masculino

No classificatório masculino apenas os cinco primeiros fizeram acima dos 80 pontos na primeira descida, entre eles o líder da parcial, Scotty James (AUS) e o vice-líder HIRANO Ayumu (JPN), medalhistas nos Jogos passados. Shaun White, o terceiro medalhista Olímpico em 2018, fazia uma boa apresentação, quando atrapalhou-se caiu. Precisaria deixar tudo na descida seguinte. Poderia ser a última corrida dele em Jogos Olímpicos.

Poderia.

Em uma apresentação impecável, White emplacou um 86.25 que o colocou na quarta posição e também na grande final Olímpica do halfpipe, em busca do tetracampeonato em Jogos.

Dos nove primeiros, oito emplacaram a classificação na segunda descida. Os que avançaram para a final, são:

  • HIRANO Ayumu (JPN) - 93.25
  • Scotty James (AUS) - 91.25
  • HIRANO Ruka (JPN) - 87.00
  • Shaun White (USA) - 86.25
  • Valentino Guseli (AUS) - 85.75
  • TOTSUKA Yuto (JPN) - 84.50
  • Taylor Gold (USA) - 83.50
  • Jan Scherrer (SUI) - 79.25
  • HIRANO Kaishu (JPN) - 77.25
  • 10º Andre Hoeflich (CAN) - 75.00
  • 11º Patrick Burgener (GER) - 73.00
  • 12º Chase Joey (USA) - 69.50

Frases

"Estou tão feliz por estar aqui e fui capaz de fazer o que eu queria no classificatório. Eu tenho muito respeito pela Chloe, ela é tão bondosa. É uma honra competir ao lado dela nos Jogos Olímpicos", disse ONO Mitsuki, sobre o seu desempenho e sua adversária que ficou em primeiro lugar, a norte-americana Chloe Kim.

"Ele é incrível. Tenho muito respeito por ele como atleta e especificamente como um snowboarder. É muito bom competir contra ele. Os meus primeiros Jogos foram em 2010 e dizer que competia contra ele em 2010 é surreal. Mas ao menos eu estava lá e o vi conquistar suas medalhas de ouro. Aí depois ele se tornou meu adversário. Portanto, foi uma evolução engraçada: de ele ser alguém em quem sempre me espelhei para ele se tornar aquela pessoa que devo superar", comentou o australiano Scotty James, que fez a segunda melhor nota parcial, sobre Shaun White (USA).

O esqui estilo livre em Beijing 2022

O snowboard halfpipe continua nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022 com as finais do feminino nesta quinta-feira 10 de fevereiro a partir das 9:30 hora local (22:30 do dia 9 de fevereiro pela hora de Brasília).

Você pode acompanhar as emoções do snowboard halfpipe de Beijing 2022 com as transmissões do Olympics.com e dos canais Globo/Sportv para o território brasileiro.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual