Petra Vhlová tem primeiro duelo com Mikaela Shiffrin no slalom gigante do esqui alpino

O primeiro capítulo do que promete ser um dos grandes duelos dos Jogos de Inverno acontecerá no slalom gigante feminino do esqui alpino. Chegou a hora da eslovaca subir ao pódio Olímpico?

Sheila Vieira

Quem gosta de uma boa rivalidade tem alguns eventos imperdíveis para acompanhar em Beijing 2022. A eslovaca Petra Vlhová tentará tomar o reinado da americana Mikaela Shiffrin nas provas de slalom do esqui alpino.

Em 7 de fevereiro, a partir das 9:30 (22:30 do dia 6 em Brasília), acontece o slalom gigante feminino.

Detentora do globo de cristal [título da melhor da temporada] do slalom em 2021/22, Vlhová, 26, espera subir pela primeira vez no pódio Olímpico. Ela ganhou cinco das sete provas de slalom da Copa do Mundo neste ano.

“Estou totalmente mentalmente equilibrada, disse Vlhová. “Era a única coisa que faltava antes de me tornar realmente a melhor”.

Vlhová tentará ser a primeira eslovaca a ganhar uma medalha Olímpica no esqui alpino.

“A temporada até agora tem sido muito boa para mim, então estou em um bom momento mentalmente e fisicamente também, totalmente focada nas competições Olímpicas. Eu me sinto muito forte”, comentou.

Apesar de Vlhová estar em melhor momento, o histórico e a experiência de Shiffrin não podem ser subestimadas. A americana, que também tem 26 anos, é hexacampeã mundial (a eslovaca tem um título) e já tem três medalhas Olímpicas, dois ouros e uma prata, contra nenhuma da rival.

“Por muito tempo a Mikaela foi melhor do que eu. Mas nas últimas temporadas eu mostrei que sou capaz de derrotá-la frequentemente. Nós nos respeitamos porque sabemos como é difícil se tornar a melhor do mundo”, afirmou Vlhová.

Petra Vlhova celebra vitória em etapa da Copa do Mundo no slalom em novembro de 2021.
Foto: Millo Moravski/Agence Zoom/Getty Images

Não pense que o slalom gigante é uma disputa entre duas esquiadoras, no entanto. A sueca Sara Hector é a líder do slalom gigante na temporada e a suíça Lara Gut-Behrami, a francesa Tessa Worley e a austríaca Katharina Liesnberger também aparecem entre as favoritas.

Que os Jogos comecem no esqui alpino feminino.

GOSTA DE ESQUI ALPINO? TUDO ISSO PARA VOCÊ.

Receba notícias de esqui alpino, vídeos, destaques dos Jogos Olímpicos de Inverno e muito mais.