O que aprendemos: Encerramento do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Com Dani Alves roubando a cena e um herói inesperado, Malcom, confira os principais momentos do futebol em Tóquio 2020, um resumo das medalhas e as expectativas para Paris 2024.

Foto: 2021 Getty Images

Uma vez mais, o futebol nos Jogos Olímpicos entregou.

De uma fase de grupos emocionante para as tensas eliminatórias e o Brasil fazendo história ao manter o título, teve um pouco de tudo.

Dani Alves conquistou seu 43º título importante, faltando apenas o da Copa do Mundo em sua sala de troféus, enquanto Malcom se tornou um herói inesperado para o Brasil.

Abaixo, relembramos os principais momentos, resumimos os medalhistas e em quem você deve prestar atenção para Jogos Olímpicos de Paris 2024, que será em apenas três anos!

GettyImages-1332849047
Foto: 2021 Getty Images

Os 5 melhores momentos do Futebol masculino em Tóquio 2020 em 2021

Aqui estão as melhores partes:

1: Ressurgimento de Marco Asensio

A estrela do Real Madrid, Marco Asensio, teve um par de temporadas passadas relativamente calmas no mercado interno, em parte graças a uma lesão no ACL.
Mas o espanhol de 25 anos entregou em grande estilo pelo seu país no Japão.
Como um dos três jogadores maiores de idade nomeados para o time, ele foi um centro de criatividade durante todo o torneio, enquanto sua vitória tardia contra o Japão nas semifinais colocou a Espanha na final.
 Apesar de ter que se contentar com a medalha de prata, Asensio deu mostras de por que os fãs do Real Madrid devem estar animados com a nova temporada.

GettyImages-1332877356
Foto: 2021 Getty Images

2: O 43º título importante de Dani Alves

38 anos.

Dani Alves chegou à Olimpíada como o jogador mais antigo da Seleção Brasileira e foi o capitão até a conquista do título.

Sua experiência e liderança foram inestimáveis para o Brasil conquistar o ouro.

Mas não é apenas a sua personalidade que ajudou a conduzir o time ao título, a forma como jogou foi igualmente impressionante.

Envolvido diretamente no primeiro gol contra a Espanha na final e constantemente subindo e descendo no campo, proporcionando uma ameaça ofensiva e também uma estabilidade defensiva.

E ele foi recompensado, ganhando um 43º título importante para o seu nome.

3: Espanha 5-2 Costa do Marfim

Esta eliminatória das quartas de final entre Espanha e Costa do Marfim está destinada a ser um clássico Olímpico.

Com um placar de 1-1 e indo para os estágios finais da partida, Max Gradel marcou o que muitos pensaram ser o gol da vitória do jogo.

Mas a Espanha tinha outros planos e Rafa Mir, que entrou um pouco antes do fim da partida, marcou segundos antes do apito final, levando o jogo para a prorrogação.

Os espanhóis acabaram vencendo o jogo por 5 a 2, mas aqueles últimos minutos dos 90, repletos de diferentes emoções, são o motivo de tantos amarem este esporte.

GettyImages-1332652855
Foto: 2021 Getty Images

4: México fluindo livremente

O México veio para Tóquio 2020 buscando melhorar o desempenho que teve no Rio 2016, quando não conseguiu sair da fase de grupos.

E eles melhoraram seu jogo com estilo.

Eles foram um dos times mais divertidos do torneio, marcando 17 gols, incluindo os 6 emocionantes a República da Coreia.

O México manteve forma de jogar nas oitavas de final e, por fim, na última partida, contra o Japão.

Uma vitória de 3 a 1 foi o suficiente para selar a medalha de bronze contra os anfitriões Olímpicos.

5: Último jogador a entrar, último gol para para Malcom

O Malcom do Brasil foi uma das surpresas em Tóquio 2020.

O homem do Zenit São Petersburgo inicialmente não estava na equipe,se não fosse por uma ligação tardia apenas oito dias antes do jogo de abertura do torneio.

Ele saiu do banco nos minutos finais da final, e no final da prorrogação marcou o gol da vitória após um impacto rápido.

Malcom passou de garoto-maravilha esquecido à herói nacional, com o Brasil mantendo o título de 2016.

GettyImages-1332865237
Foto: 2021 Getty Images

Uma última olhada

Após conquistar um 43º título importante, Tóquio 2020 tem sido o show de Dani Alves.

Mas também foi o ano das surpresas.

Alemanha e França caíram na fase de grupos e deixaram a competição aberta - e nomes como Egito, República da Coréia, Costa do Marfim e Nova Zelândia chegando às quartas de final.

Para alguns jogadores, como Asensio e Malcom, esse pode ter sido o torneio que deu o pontapé inicial para retorno à forma.

Mas uma coisa é certa: depois de suas atuações na Euro 2020 e de ajudar a Espanha a chegar à final da Olimpíada, o jovem Pedro certamente precisa de um descanso.

GettyImages-1331586507
Foto: 2021 Getty Images

Olá Paris

A França se classificará automaticamente para os Jogos Olímpicos por ser o país sede, e eles estarão em casa buscando um melhor desempenho depois de não conseguir passar da fase de grupos em Tóquio.

Os brasileiros mostraram por que são um time a vencer em Paris 2024 e certamente tentarão garantir a tripla medalha de ouro consecutiva.

Enquanto isso, o México teve uma melhora significativa do Rio para Tóquio. Paris poderia ser o ano do ouro para eles depois do bronze?

GettyImages-1330001019
Foto: 2021 Getty Images

Quando e onde assistir os replays do futebol no Olympics.com

A resposta é: olympics.com/tokyo2020-replays – isso estará AO VIVO no dia 8 de agosto.

Quando será a próxima competição das seleções de futebol masculino?

O próximo passo para essas seleções: a Copa do Mundo.

Realizada no Qatar em 2022, a competição acontecerá do final de novembro a meados de dezembro.

Lista completa de medalhas do futebol masculino em Tóquio 2020

Ouro: Brasil

Prata: Espanha

Bronze: México

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual
Assine aqui Assine aqui