Estrelas de Pequim: Hanyu Yuzuru pode viver momento histórico na patinação artística

Japonês bicampeão Olímpico deve tentar apresentar em Beijing 2022 o Axel quádruplo, um salto jamais completado por patinadores durante competições. Se levar mais um ouro, ele será o primeiro tricampeão do esporte desde 1928.

Sheila Vieira
Foto: 2018 Getty Images

Independentemente do esporte, o que gostamos de ver nos Jogos Olímpicos são momentos históricos, em que os limites são superados. A patinação artística pode ter uma dessas ocasiões em Beijing 2022, com início em 4 de fevereiro.

Um dos atletas mais populares dos esportes de inverno no mundo, o japonês Hanyu Yuzuru tem a chance de se tornar o primeiro tricampeão Olímpico consecutivo desde 1928 e acertar o Axel quádruplo, um salto jamais completado em competições oficiais.

Como foi a jornada de Hanyu até aqui e o que está entre ele e o feito histórico? Saiba mais.

Lesões e ascensão de Nathan Chen

Hanyu conquistou o ouro no individual masculino em Sochi 2014 e PyeongChang 2018, tornando-se o primeiro patinador a defender um título Olímpico desde 1952.

As apresentações do japonês causam tanta emoção, que os espectadores costumam lançar bonecos de pelúcia do Ursinho Pooh ao final delas.

No entanto, chegando a Pequim aos 27 anos, Hanyu enfrenta um ciclo Olímpico mais complicado. Com uma persistente lesão no tornozelo direito, o japonês passou bastante tempo sem competir. Sua vitória no Campeonato Japonês em janeiro de 2022 foi sua primeira apresentação em oito meses.

Apesar de dominar os Jogos Olímpicos recentemente, Hanyu tem "apenas" dois títulos Mundiais (2014 e 2017), enquanto seu maior rival, o americano Nathan Chen, ganhou as últimas três edições do evento.

Como superar todas essas questões e colocar seu nome definitivamente na história do esporte? Tentando fazer um salto inédito.

A busca pelo Axel quádruplo

Vários patinadores conseguem fazer saltos quádruplos, em que o atleta dá quatro giros no ar antes de voltar ao gelo. Mas o salto Axel, o mais complexo da patinação artística, ainda não foi apresentado em competições oficiais com quatro giros. Hanyu deve tentar ser o primeiro em Pequim.

O salto Axel foi criado pelo norueguês Axel Paulsen e suas características principais são o patinador se lançando para a frente, saindo do apoio da parte externa da lâmina de um pé e pousando na parte externa da lâmina do outro pé.

"Os Jogos Olímpicos não são um recital. São um evento que você precisa ganhar", disse Hanyu após se tornar hexacampeão japonês.

"Por essa razão, estarei muito determinado. Tenho a esperança de que posso preparar um programa que tenha um Axel quádruplo, que vai me dar um outro nível de pontuação de execução", acrescentou.

No Campeonato Japonês de 2022, Hanyu chegou a tentar o salto, mas ele não foi contabilizado por um erro de execução. Talvez o melhor ficou para o palco Olímpico?

Como assistir a Hanyu Yuzuru em Beijing 2022

A competição individual masculina da patinação artística em Beijing 2022 será nos dias 8 de fevereiro (programa curto) e 10 de fevereiro (programa livre), no Estádio Indoor da Capital. As notas das duas apresentações são somadas, definindo os medalhistas Olímpicos.

O Olympics.com transmitirá toda a ação de Beijing 2022 ao vivo para o território brasileiro.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual