Como é o novo aerials de equipes mistas do esqui estilo livre?

Os Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022 terão nove eventos mistos. Um deles será o novo aerials de equipes mistas. Mas você sabe como é? Descubra tudo que você precisa saber antes da estreia da competição em Beijing 2022.

Sheila Vieira
Foto: 2016 Getty Images

Os eventos mistos têm mostrado algumas das competições mais disputadas e histórias interessantes dos Jogos Olímpicos de Inverno. Beijing 2022 terá nove eventos mistos - quatro novos - incluindo o único evento misto do esqui estilo livre: o aerials de equipes mistas.

Em 10 de fevereiro de 2022, o mundo descobrirá os nomes dos primeiros medalhistas Olímpicos do evento. A competição será uma batalha empolgante, que adiciona o elemento da estratégia à técnica e à criatividade do aerials.

Saiba mais sobre o formato, quando e onde seguir, quais são as novidades e os atletas para ficar de olho no aerials de equipes mistas em Beijing 2022.

Jia Zongyang da China comemora após a prova do aerials masculino em PyeongChang 2018.
Foto: 2018 Getty Images

Formato do aerials de equipes mistas no esqui estilo livre

Apesar de o evento fazer sua estreia Olímpica em Beijing 2022, o aerials de equipes mistas foi incluído na Copa do Mundo FIS de Esqui Estilo Livre na temporada 2014/15 e no Mundial FIS desde 2019.

Cada time terá três esquiadores, com pelo menos um de cada gênero. Portanto, as equipes podem escolher se elas terão dois homens e uma mulher ou vice-versa. Suas notas individuais são somadas, e a equipe com a maior nota geral vence. Mais simples, impossível!

Em Beijing 2022, todas as CONs (países) com pelo menos uma mulher e um homem elegíveis para as provas individuais de aerials terão a oportunidade de inscrever um trio para o aerials de equipes mistas. A competição terá pelo menos oito times elegíveis.

Quando e onde será o aerials de equipes mistas em Beijing 2022?

O aerials de equipes mistas será disputado em 10 de fevereiro, com a primeira final às 19:00 (hora local de Pequim). A segunda começa às 19:50, que determinará os primeiros medalhistas Olímpicos.

O público local poderá assistir ao evento no Genting Snow Park, a casa do esqui estilo livre e do snowboard em Beijing 2022 (exceto as provas do big air).

Qual é a novidade do aerials de equipes mistas?

Ao contrário da maioria dos eventos mistos, em que o número de homens e mulheres competindo é o mesmo, o aerials de equipes mistas tem o fator intrigante de permitir às equipes escolher entre ter duas mulheres e um homem ou vice-versa.

Alguns podem achar que todos os times escolheriam dois homens, mas nem sempre foi o caso. A Austrália ganhou duas medalhas na Copa do Mundo com duas mulheres. Na verdade, inscrever duas mulheres pode ser uma boa estratégia, dependendo de como o time é formado e o ponto forte de cada esquiador.

"Se você quer consistência, uma dupla de meninas é bem, bem consistente", disse a americana Ashley Caldwell, que esteve em três Jogos de Inverno, ao TeamUsa.org.

As acrobacias dos homens tendem a ser mais arriscadas, o que pode resultar numa queda. Em um evento por equipes, qualquer erro tira o país da briga por medalha. Por outro lado, assumir riscos é essencial para qualquer evento do esqui estilo livre. Fica a cargo de cada time decidir como balancear seus talentos.

Ashley Caldwell (EUA) disputa o aerials feminino em PyeongChang 2018.
Foto: 2018 Getty Images

Atletas para ficar de olho no aerials de equipes mistas

É preciso ter um time bem forte para ganhar o aerials de equipes mistas. Alguns CONs chegarão a Beijing 2022 como favoritas. O ROC é um grande candidato após ganhar o Campeonato Mundial este ano, com Liubov Nikitina, Pavel Krotov e Maxim Burov - o campeão mundial no evento individual em 2019 e 2021 - em seu plantel.

O ROC também foi bronze em 2019 - com Nikitina e Burov na equipe - tem sete medalhas na Copa do Mundo no evento.

A Suíça está em ascensão, com ouro (2019) e prata (2021) nos últimos Campeonatos Mundiais. Carol Bouvard e Noé Roth competiram nos dois torneios, com Pirmin Werner substituindo Nicolas Gygaz este ano.

Finalmente, não se pode subestimar a República Popular da China, especialmente em casa. Todos as medalhas Olímpicas da China no esqui estilo livre vieram no aerials (um ouro, quatro pratas e seis bronzes).

XU Mengtao é um forte nome para fazer parte do experiente time chinês. Ela é uma medalhista Olímpica de prata (Sochi 2014), campeã mundial (2013) e tricampeã da Copa do Mundo (2018, 2019 e 2020).

JIA Zongyang – medalhista de bronze no aerials em Sochi 2014 e prata em PyeongChang 2018 - e o bicampeão mundial (2013, 2015) QI Guangpu também podem se juntar aos esforços do país-sede para ganhar o primeiro ouro Olímpico do aerials de equipes mistas.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual