Bruninho prevê 'semana difícil' para o Brasil na Liga das Nações de Vôlei

Após terminar a fase em Brasília com duas vitórias em quatro jogos, a equipe brasileira encara uma sequência dura em Sofia, na Bulgária. Confira quais serão as partidas e quais jogadores foram selecionados para esta semana.

Sheila Vieira
Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

O seleção brasileira masculina de vôlei teve uma semana de altos e baixos em Brasília pela Liga das Nações. Após vencer a Austrália e a Eslovênia com certa tranquilidade nas duas primeiras partidas, a equipe foi superada pelos EUA por 3x1 e pela República Popular da China por 3x0.

Na segunda semana da Liga das Nações masculina, o Brasil joga em Sofia, na Bulgária, já enfrentando uma dura partida logo de cara: a bicampeã mundial Polônia, em 22 de junho (quarta-feira). No dia seguinte, o adversário será a Sérvia, quarta colocada no último Campeonato Europeu.

“São quatro adversários fortíssimos. A Polônia é uma equipe muito competitiva, independentemente da formação que está em quadra. É uma das candidatas ao título de qualquer competição. Será uma partida muito equilibrada, decidida nos detalhes. A Sérvia vem se renovando, mas está com veteranos que conhecemos bem. São atletas que jogam as principais competições do mundo, competitivos e experientes", comentou o treinador Renan Dal Zotto.

As duas últimas partidas da semana são contra o Irã (campeão asiático) e o time da casa.

"O Irã passa por uma reformulação, mas não perde as características de jogar com velocidade, defender bem, e ter um saque que sempre traz dificuldade. A Bulgária é outro adversário duríssimo, que agride muito no saque e no bloqueio. Joga em casa e terá a torcida toda a favor em um ginásio que certamente estará lotado. Temos que pensar um jogo por vez. Cada vitória conta muito”, analisou Dal Zotto.

O treinador selecionou a seguinte equipe para estes jogos: os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os centrais Isac, Lucão, Flávio e Leandro Aracaju; os opostos Alan e Darlan; os ponteiros Lucarelli, Rodriguinho, Leal e Adriano; e os líberos Thales e Maique.

“Temos uma semana muito difícil pela frente. Já começamos com a Polônia, uma equipe tradicional, das mais fortes do mundo. Todos os times que enfrentaremos são tradicionais. O mais importante é a nossa evolução, nosso crescimento, pensar em nosso time neste processo de construção. Queremos alcançar as vitórias, que são muito importantes para nossa classificação”, afirmou o capitão Bruninho.

Esta é a segunda das três semanas da primeira fase da Liga das Nações. Os oito melhores desta fase avançam para as quartas de final. No momento, o Brasil está na oitava colocação.

LEIA MAIS | Bruninho inicia décima temporada como capitão

Resultados do Brasil na Liga das Nações masculina - Primeira semana em Brasília

  • 08/06 – Brasil 3 x 0 Austrália (25/14, 25/18 e 25/21)
  • 09/06 – Brasil 3 x 1 Eslovênia (25/21, 21/25, 25/20 e 25/16)
  • 11/06 – Brasil 1 x 3 Estados Unidos (25/21, 25/27, 20/25 e 20/25)
  • 12/06 – Brasil 0 x 3 China (23/25, 30/32 e 23/25)

Jogos da seleção masculina de vôlei - Segunda semana em Sofia

Horários de Brasília

  • 22/06 – Brasil x Polônia, às 11h
  • 23/06 – Brasil x Sérvia, às 10h30
  • 24/06 – Brasil x Irã, às 10h30
  • 26/06 – Brasil x Bulgária, às 14h

Jogos da seleção masculina de vôlei - Terceira semana em Osaka

Horários de Brasília

  • 06/07 – Brasil x Alemanha, às 3h40
  • 07/07 – Brasil x Canadá, às 6h
  • 08/07 – Brasil x França, às 3h40
  • 10/07 – Brasil x Japão, às 7h10

Onde assistir à Liga das Nações de Vôlei

A transmissão da Liga das Nações no Brasil é dos canais Sportv.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual