Brasil vira contra Sérvia e luta por primeiro título na Liga das Nações Feminina de Vôlei

Kisy, Julia Bergmann, Carol e Gabi brilham em vitória da seleção brasileira por 3 a 1. A equipe enfrenta a Itália de Paola Egonu na final neste domingo, 17 de julho.

Sheila Vieira
Foto: FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei tentará seu primeiro título da Liga das Nações neste domingo, 17 de julho de 2022, contra a Itália. A equipe capitaneada por Gabi e comandada pelo técnico José Roberto Guimarães derrotou a Sérvia de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 14-25, 25-18, 26-24 e 25-19.

O conjunto brasileiro foi fundamental para a vitória, com a força de Kisy e Julia Bergmann no ataque, Carol forte na rede e Gabi sólida na recepção. A maior pontuadora do jogo foi Kisy, com 19 pontos.

O Brasil tentará seu primeiro título na Liga das Nações. Nas três edições já realizadas, os EUA foram campeões. A seleção brasileira foi vice-campeã em 2019 e 2021.

"A gente lutou até o final por cada bola. O segredo desse time é a união. O time é muito jovem e todo mundo jogou demais. Está todo mundo se ajudando, as experientes nos ajudam", disse Julia Bergmann ao Sportv.

Saiba como foi a semifinal e como acompanhar a decisão diante da Itália, que derrotou a Turquia na outra semifinal por 3 a 0.

MAIS | Gabi: 'A força do Brasil é o conjunto'

Julia Bergmann na recepção durante a semifinal da Liga das Nações 2022 entre Brasil e Sérvia.
Foto: FIVB

Brasil x Sérvia: resumo da partida

A Sérvia dominou as ações no primeiro set, enquanto o Brasil enfrentava dificuldades na recepção, no levantamento e no ataque. A capitã Bjelica foi o destaque da parcial, explorando o bloqueio brasileiro.

No segundo set, as sérvias também começaram dominando, mas os bloqueios brasileiros reagiram, especialmente com Carol. Kisy e Julia Bergmann também subiram de rendimento. Após virar o placar, o Brasil deslanchou e empatou a partida.

Novamente, a equipe sérvia teve um início fulminante no terceiro set. José Roberto Guimarães parou o jogo, e chamando a atenção das brasileiras para tirarem o passe das mãos da líbero Pusic, e o Brasil tirou uma vantagem que chegou a ser de seis pontos. O final do set foi emocionante, com o Brasil contando com Julia Bergmann no ataque nos últimos pontos para vencer um set que parecia perdido.

A vitória no terceiro set foi decisiva para o Brasil, que entrou no quarto set com muita tranquilidade e não sofreu sustos para garantir sua vaga na decisão.

MAIS | Conheça Julia Bergmann, revelação do Brasil

Liga das Nações Feminina: horário da final

A final entre Brasil e Itália começa às 12:30 (horário de Brasília), com transmissão do Sportv no Brasil.

MASCULINO | Veja datas e horários da fase final

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual