Chloe Kim e Nathan Chen dão orgulho aos EUA na quinta em Beijing 2022: veja resumo

Snowboarder é bicampeã no halfpipe feminino e patinador finalmente sobe ao lugar mais alto do pódio com título individual; país ainda venceu hoje a inédita prova de aerials por equipes mistas do esqui estilo livre.

Daniel Perissé
Foto: 2022 Getty Images

A equipe dos Estados Unidos teve muito o que comemorar no dia de competições em Beijing 2022 nesta quinta-feira, 10 de fevereiro: primeiro com o bicampeonato de Chloe Kim no snowboard halfpipe feminino e, em seguida, vendo Nathan Chen finalmente confirmar seu nome como um dos maiores da história na patinação artística ao vencer a competição individual.

Mais para o fim do dia, a equipe formada por Ashley Caldwell, Christopher Lillis e Justin Schoenefeld entrou para a história como a vencedora da primeira prova de aerials por equipes mistas do esqui estilo livre disputada em Jogos Olímpicos de Inverno.

Confira estes e muitos outros eventos realizados hoje no resumo do dia:

Kim volta a reinar

Logo na manhã de quinta-feira, o Parque de Neve de Genting viu mais um triunfo de Chloe Kim no snowboard halfpipe. A americana garantiu mais um ouro com a nota 94.00 obtida logo na primeira apresentação, com direito a uma sequência de saltos com giros de 1080 graus.

A espanhola Queralt Castellet foi medalha de prata, e a japonesa Tomita Sena garantiu o bronze.

Chen domina e enfim ganha título Olímpico

Ao som de "Rocketman", de Elton John, Nathan Chen teve uma performance acima da média para, finalmente, conquistar sua primeira medalha de ouro em Jogos Olímpicos de Inverno ao vencer o título do individual masculino da patinação artística.

Sua nota final foi de 332.60. Prata e bronze foram para o Japão, com o jovem Kagiyama Yuma e Uno Shoma, respectivamente.

Austríaco vence o snowboard cross masculino

Alessandro Haemmerle, da Áustria, foi o vencedor da prova do snowboard cross masculino, também realizada no Parque de Neve de Genting nesta quinta-feira.

A prata foi para Eliot Grondin, do Canadá, e o bronze para Omar Visintin, da Itália.

Tal pai, tal filho

O austríaco Johannes Strolz, de 29 anos, venceu o combinado alpino masculino em Beijing 2022 e repetiu o feito de seu pai, Hubert, que ganhou a mesma prova em Calgary 1998, 34 anos atrás.

Aleksander Asmodt Kilde, da Noruega, levou a prata, enquanto o bronze ficou com o canadense James Crawford.

Outro ouro para Johaug

Dias depois de ganhar o skiathlon no esqui cross-country, primeira prova valendo medalha realizada nesses Jogos de Inverno, a norueguesa Therese Johaug subiu novamente ao lugar mais alto do pódio, dessa vez no 10km clássico.

Com o resultado, a Noruega atinge a impressionante marca de 50 ouros no esqui cross-country.

A prata e o bronze foram para as finlandesas Kerttu Nishkanen e Krista Parmakoski.

As brasileiras Jacqueline Mourão e Eduarda Ribera terminaram na 82ª e 90ª posição, respectivamente.

EUA ganham ouro no aerials por equipes mistas

Outra medalha de ouro para os Estados Unidos nessa quinta em Pequim foi no aerials por equipes mistas, com Ashley Caldwell, Christopher Lillis e Justin Schoenefeld.

O time da República Popular da China, que vinha como forte favorito, foi prata. O Canadá acabou com o bronze.

Schouten, ouro e recorde Olímpico nos 5000m

Na patinação de velocidade, Irene Schouten manteve a hegemonia dos Países Baixos na prova dos 5000m, com direito a novo recorde Olímpico. Foi sua segunda vitória em Pequim, já que ela também ganhara os 3000m e quebrado a melhor marca da prova.

A prata foi para a canadense Isabelle Weidemann, e o bronze ficou com a tcheca Martina Sabilkova.

Começam as disputas femininas do curling

A quinta-feira ficou marcada pelo início das disputas femininas do curling no Centro Nacional Aquático, o chamado "Cubo de Gelo". Destaque para Estados Unidos e Suíça, que venceram seus dois jogos.

No masculino, a Suécia bateu os EUA por 7-4, o Canadá derrotou a Noruega (6-5), o ROC ganhou da anfitriã República Popular da China (7-4) e a Grã-Bretanha passou pela Itália (7-5).

Alemanha fecha o luge com 100%

A equipe alemã fechou com chave de ouro as disputas do luge em Pequim ao vencer a prova do revezamento por equipes pela terceira vez consecutiva.

O tempo total da equipe foi de 3min03s406, 0s080 à frente dos austríacos e 0s948 melhor que o dos letões.

Com isso, o país ganhou todas as medalhas de ouro em disputa - além do evento de hoje, terminou em primeiro no individual masculino e feminino, e nas duplas.

Formaram a equipe apenas medalhistas de ouro do luge nesses Jogos de Inverno: Natalie Geisenberger, vencedora do individual feminino; Johannes Ludwig, vencedor do individual masculino; e os "Tobias" Wendl e Arlt, que ganharam ontem nas duplas.

EUA e Canadá estreiam com goleada no hóquei masculino

Os Estados Unidos começaram sua trajetória no hóquei no gelo masculino com uma goleada de 8-0 sobre a anfitriã República Popular da China pelo grupo A.

O Canadá também foi bem na estreia, atropelando a Alemanha por 5-0, pela mesma chave A.

A Finlândia fez 6-2 na Eslováquia e a Suécia ganhou da Letônia por 3-2. Ambas as partidas foram pelo grupo C.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual