Como assistir ao luge nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022

O luge verá algumas lendas competirem em uma nova pista nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pequim. Aqui está tudo aquilo em que é preciso ficar de olho.

Andrew Binner
Foto: 2018 Getty Images

Com atletas alcançando velocidades de até 154 km/h, o luge é considerado o esporte mais rápido dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Isso também significa que emoções não vão faltar quando a competição começar, em 5 de fevereiro, nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022.

Haverá uma mistura fascinante de experiência e novos talentos deslizando pela pista de Yanqing. Fique atento aos múltiplos medalhistas de ouro Olímpicos da Alemanha: Felix Loch e Natalie Geisenberger. Os dois vão competir ao lado de nomes como a estreante Nina Zoggeler, filha da lenda italiana da modalidade, Armin Zoggeler.

Haverá quatro medalhas em disputa: individual masculino, individual feminino, duplas e o bastante popular evento de revezamento por equipes.

Continue lendo para descobrir o que cada evento envolve, a programação, as estrelas para ficar de olho e a melhor maneira de assistir às ações.

VEJA TAMBÉM: cinco coisas que você precisa saber do luge Olímpico em Beijing 2022

Os eventos do luge em Beijing 2022

Individual masculino e feminino - Um atleta no trenó. Cada competidor tem quatro corridas, os tempos são somados e o tempo total mais rápido determina o vencedor. As mulheres partem de uma posição mais à frente na pista do que os homens.

Duplas - Competição de um dia em que pares de atletas, um sobre o outro, realizam duas corridas ao longo do percurso. O tempo total mais rápido determina o vencedor. As equipes podem ser compostas por homens, mulheres ou mistas.

Revezamento por Equipes - Recente adição ao programa Olímpico. Estreou em Sochi 2014. Cada equipe seleciona três trenós: uma mulher, um homem e uma dupla. O trenó feminino começa da maneira normal. Na chegada, o atleta tem que tocar uma placa, que abre a porta de largada para o trenó masculino, que espera no começo do percurso. O processo é repetido, liberando a equipe de duplas, que precisa descer na sequência. O tempo termina quando o atleta de cima do trenó duplo toca a placa, com cada equipe contribuindo para um tempo combinado.

Estrelas do luge para acompanhar em Beijing 2022

A Alemanha é a maior nação de luge do mundo e espera medalhas de ouro em todos os quatro eventos.

Seu maior talento feminino é indiscutivelmente a maior atleta da modalidade de todos os tempos: Natalie Geisenberger. A alemã é cinco vezes medalhista em Jogos (quatro de ouro e uma de bronze), mas acredita que Beijing 2022 poderá ser seu maior desafio, depois de ficar afastada da temporada de 2019 para dar à luz.

Ela terá que estar no topo da sua forma para superar a compatriota Julia Taubitz, atual campeã mundial, além da prodígio austríaca Madeleine Egle.

Entre homens, todos os olhos estarão voltados para Felix Loch. O alemão conquistou três medalhas Olímpicas e estabeleceu o recorde mundial para a mais alta velocidade já registrada em um trenó, que foi de 153,98 km/h.

Seu ciclo Olímpico mais recente não foi um mar de rosas. Erros não muito comuns na última descida deixaram-no de fora das medalhas em PyeongChang 2018. Era o começo de um período de dois anos com apenas alguns pódios na Copa do Mundo. Mas na temporada 2020/21 ele parece ter redescoberto sua melhor forma, vencendo nove dos 12 eventos da Copa do Mundo, o que faz dele um forte favorito em Pequim.

Além disso, é preciso ficar de olho no que foi medalhista de prata em 2018, o americano Chris Mazdzer, que volta de lesão, e também no compatriota de Loch, Johannes Ludwig.

LEIA: como Felix Loch despertou sua fúria interior

A programação do luge em Beijing 2022

Local: Centro Nacional de Esportes de Pista de Yanqing

(Horários de acordo com o fuso local de Pequim, UTC+8)

Sábado 5 de fevereiro

19:10 - Individual masculino - baterias 1 e 2

Domingo 6 de fevereiro

19:30 - Individual masculino - baterias 3 e 4

Segunda-feira 7 de fevereiro

19:50 - Individual feminino - baterias 1 e 2

Terça-feira 8 de fevereiro

19:50 - Individual feminino - baterias 3 e 4

Quarta-feira 9 de fevereiro

20:20 - Duplas

Quinta-feira 10 de fevereiro

21:30 - Revezamento por equipes

Clique aqui para conferir toda a programação do luge em Beijing 2022.

O que acompanhar na competição do luge em Beijing 2022

O luge é o esporte mais rápido dos Jogos Olímpicos, e também um dos mais perigosos. A primeira coisa a se reparar é a alta velocidade dos atletas.

Mais rápido porque as lâminas embaixo do trenó são mais afiadas do que as do bobsled ou do skeleton, e mais difíceis de controlar.

“Também pode parecer que um atleta não faz muita coisa quando o esporte é mostrado na TV, mas na verdade estamos descendo com tudo e procurando ficar relaxados. Há muito para fazer e que acaba sendo feito, mas quando você está na rota certa, o espectador em casa não percebe nada", disse para o Olympic Channel o luger britânico Adam Rosen, que competiu nas edições de 2006 e 2010 dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Apesar de suportar até seis Gs de pressão nas curvas, os atletas devem permanecer relaxados fisicamente a fim de manter as maiores velocidades possíveis.

O evento de duplas envolve uma nova habilidade para adicionar à mente, força e bravura das provas individuais: uma química. Fique de olho em como o atleta mais pesado, que geralmente fica por cima para manter o equilíbrio do par, trabalha em conjunto nas curvas com o companheiro de equipe que está embaixo.

"Não é exatamente como um ônibus de dois andares caindo, mas é semelhante", continuou Rosen. "Você tem que ser mais preciso e estar ciente para onde está indo, porque é muito mais fácil se acidentar quando em duplas do que no individual."

LEIA: Armin Zöggeler, lenda Olímpica do luge, explica os segredos do esporte

Como assistir à ação do luge nos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022

Os Jogos Beijing 2022 terão uma extensa cobertura televisiva e de mídias digitais.

Eventos ao vivo, replays e melhores momentos de todos os esportes estarão disponíveis pela TV e plataformas de streaming em parceria com parceiros de transmissão em diversas regiões, inclusive no Olympic Channel.

Após o encerramento dos Jogos, todos os seus eventos estarão disponíveis na íntegra no Olympics.com e os melhores momentos estarão compartilhados nas redes sociais do @Olympics.

Para mais informações sobre onde assistir aos Jogos na sua região, clique aqui.

TUDO SOBRE O LUGE.

Receba notícias de luge, vídeos, destaques dos Jogos Olímpicos de Inverno e muito mais.