Alison dos Santos e Talita/Rebecca são destaques do Brasil no fim de semana

O barreirista venceu mais uma etapa da Liga Diamante nos 400m com barreiras. Talita e Rebecca foram prata no Elite 16 do vôlei de praia, em Ostrava. Brasil foi ao pódio por seis vezes na última etapa do Mare Nostrum e fechou o circuito com 19 medalhas. Saiba mais sobre como foram os brasileiros pelo mundo.

Virgílio Franceschi Neto
Foto: Soobum Im/Getty Images

O esporte do Brasil teve excelentes resultados no fim de semana, com destaque para o atletismo, a natação e o vôlei de praia.

Alison dos Santos, o Piu, bronze em Tóquio 2020, faturou a prova dos 400m com barreiras na terceira etapa da Liga Diamante, em Eugene, Oregon, nos Estados Unidos. Liderou do início ao fim e terminou em 47s23. Khallifah Rosser (USA) e Quincy Hall (USA) ficaram em segundo e terceiro, respectivamente. O evento aconteceu no Hayward Field da Universidade do Oregon, mesmo estádio onde será disputado o Mundial de Atletismo, entre 15 e 24 de julho.

Com foco no mundial e com vistas a Paris 2024, Piu tem feito uma grande temporada e já tinha vencido a mesma prova na primeira etapa, em Doha (Catar). Com a conquista em Eugene, ele melhorou sua posição no ranking mundial da World Athletics (federação internacional de atletismo). Seu treinador, Felipe de Siqueira, comentou para o site da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt): "Foi bom resultado, mas temos muito ainda que acertar. Estamos fazendo algumas mudanças técnicas de corrida, mas estamos no caminho certo."

RELEMBRE: Alison dos Santos faz melhor tempo do ano e leva ouro na Liga Diamante em Doha

Mais resultados do atletismo

Tiffani Marinho (Orcampi - Campinas/SP) venceu no sábado os 400m do meeting de Oordegem, na Bélgica, com o tempo de 51s73, sua melhor marca. A prova é parte do calendário do circuito continental europeu da World Athletics. A atleta segue na Europa em preparação para o Mundial de Eugene, em julho, cuja classificação foi obtida após haver vencido o sul-americano de 2021.

No mesmo evento, Eduardo de Deus (CT Maranhão - São Luís/MA) foi ouro nos 110m com barreiras, no tempo de 13s48. Na Itália, no meeting internacional de Lucca, Erik Cardoso (Sesi-SP) ganhou os 100m rasos (10s34) e Gabriel Constantino (ICB-RJ) os 110m com barreiras (13s51). Ainda em território italiano, mas no meeting Trivinetto, Thiago Moura (ASUFAM - Guarulhos/SP) foi ao topo do pódio no salto em altura, com a marca de 2,23m.

Talita e Rebecca são prata em Ostrava

Na segunda etapa do torneio Elite 16 do circuito mundial de vôlei de praia, em Ostrava, na República Tcheca, o Brasil foi ao pódio com a dupla de Talita e Rebecca. Atualmente na 13ª colocação do ranking mundial, venceram Hermannova e Stochlova (TCH) por 2 sets a 0, as compatriotas Taiana e Hege por 2 a 1 e as suíças Hüberli e Brunner também por 2 a 1, na fase de grupos.

Nas quartas de final, 2 a 0 em cima das letãs Kravcenoka e Graudina, mesma parcial da vitória na semifinal sobre a dupla de Heidrich e Vergé-Dépré (SUI) e garantida a vaga na final.

Na decisão, Müller e Tillmann (GER) levaram a melhor por 2 a 0. As brasileiras lideraram o jogo até que as europeias empataram em 17 a 17, abriram vantagem e fecharam o primeiro set em 21 a 18. No segundo set, as alemãs impuseram 4 a 0 logo no início e souberam conduzir o jogo até fecharem em 21 a 16. Foi o segundo pódio da dupla brasileira no Elite 16, que havia sido bronze na primeira etapa, em Rosarito (México), em março.

Talita e Rebecca vão disputar o mundial de vôlei de praia, em junho, em Roma (ITA), entre 10 e 19 de junho, ao lado das seguintes duplas brasileiras:

Feminino:

  • Bárbara & Carol Solberg
  • Ana Patrícia & Duda
  • Taiana & Hege

Masculino:

  • André Stein & George
  • Renato & Vitor Felipe
  • Alison & Guto
  • Bruno Schmidt & Saymon

Seis medalhas para a natação do Brasil em Canet

Na terceira e última etapa do Circuito Mare Nostrum, em Canet (FRA), os nadadores do Brasil deram mais seis medalhas ao país. No sábado, o medalhista Olímpico em Tóquio 2020, Bruno Fratus, faturou a prata nos 50m livre, tendo feito a final nos três eventos do circuito (Mônaco, Barcelona e Canet). João Gomes Júnior, foi bronze nos 100m peito e Fernando Scheffer também foi bronze, nos 200m livre.

No domingo, mais três medalhas, duas de ouro: Nicholas Santos nos 50m borboleta e João Gomes Júnior, que voltou ao pódio, desta vez no topo nos 50m peito, mesma prova em que Felipe França terminou com o bronze.

Aos 42 anos de idade, Nicholas Santos fechou o circuito com três medalhas de ouro: venceu em Mônaco, Barcelona e Canet. "Satisfeito com a consistência dos resultados, mas ainda faltam alguns ajustes nas próximas semanas e descanso para o mundial", comentou em suas redes sociais.

Com as seis medalhas na França, o Brasil encerrou o Mare Nostrum com 19 medalhas: cinco em Mônaco, oito em Barcelona e seis em Canet.

O evento serviu de preparação para os nadadores do país para o Mundial de Budapeste, na Hungria, de 17 de junho a 3 de julho.

RELEMBRE: Brasil conquista cinco medalhas na primeira etapa do Mare Nostrum

Os brasileiros com presença no Mundial de Budapeste

  • Fernando Scheffer (Minas Tênis Clube) - 200m livre (finalista Olímpico), 400m livre e 4x200m livre
  • Guilherme Costa (Unisanta) - 800m livre (finalista Olímpico) e 400m livre
  • Bruno Fratus - 50m livre (finalista Olímpico)
  • Leonardo de Deus (Unisanta) - 200m borboleta (finalista Olímpico)
  • Jhennifer Conceição (EC Pinheiros) - 100m peito
  • Stephan Steverink (CR Flamengo) - 400m medley
  • Viviane Jungblut (GN União) - 400m livre, 800m e 1500m livre
  • Beatriz Dizotti (Unisanta) – 1500m livre
  • João Gomes Júnior (EC Pinheiros) – 50m peito
  • Nicholas Santos (Unisanta) - 50m borboleta
  • Stephanie Balduccini (Paineiras do Morumby) - 200m livre, 4x100m livre e 4x200m livre
  • Giovanna Diamante (EC Pinheiros) – 4x100m e 4x200m livre
  • Aline Rodrigues (Minas Tênis Clube) - 4x200m livre
  • Maria Paula Heitmann (Unisanta) – 4x200m livre
  • Vinicius Assunção (SESI-SP) – 4x100m e 4x200m livre
  • Breno Correia (EC Pinheiros) - 4x200m livre
  • Murilo Sartori - 4x200m livre
  • Ana Vieira (EC Pinheiros) – 4x100m livre
  • Giovana Medeiros (EC Pinheiros) – 4x100m livre
  • Gabriel Santos (EC Pinheiros) – 100m, 4x100m livre e 4x100m medley
  • Marcelo Chierighini (EC Pinheiros) – 100m e 4x100m livre
  • Felipe Ribeiro (Unisanta) – 4x100m livre
  • Matheus Gonche (SESI-SP) - 100m e 200m borboleta e 4x100m medley
  • Vinicius Lanza (Minas Tênis Clube) - 100m borboleta
  • Gabrielle Roncatto (CR Flamengo) - 800m livre
  • Guilherme Basseto (Unisanta) - 4x100m medley
  • Felipe França (Minas Tênis Clube) - 4x100m medley

Ana Marcela Cunha vence em Portugal

Campeã Olímpica da maratona aquática, Ana Marcela Cunha venceu a etapa de Setúbal (POR) da série mundial de águas abertas. Depois de ter sido ouro na Espanha, ela completou os 10km na costa portuguesa em 2h09min30, em uma prova acirrada - as colocadas do segundo ao quarto lugar foram definidas no photo finish - e difícil, com temperatura da água em 17º e ventos de 16km/h.

A próxima etapa da série acontecerá na França, dias 9 e 10 de julho.

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual