100 dias para Pequim - 100 curiosidades sobre os Jogos Olímpicos de Inverno - Parte 3

Para comemorar os 100 dias para o início dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno Beijing 2022, aqui vai a segunda parte das curiosidades dos Jogos de Inverno que vai fazer você se sentir a menor mais inteligente do recinto. A parte final inclui o maior crescimento nas redes sociais, a tocha no espaço e muito mais! 

Jo Gunston and Chloe Merrell
Foto: Bruce Bennett/Getty Images

67. A snowboarder americana Chloe Kim teve o maior crescimento de seguidores nas redes sociais durante PyeongChang 2018, ganhando 927.070 seguidores no Facebook, Twitter e Instagram.

68. Apesar do finlandês Klaes Karppinen ter vencido 10 medalhas em mundiais e um ouro Olímpico nos anos 30, ele nunca ganhou um título individual no campeonato finlandês.

69. Patinação artística e hóquei no gelo estrearam nos Jogos de Verão de Londres 1908 e Antuérpia 1920, respectivamente.

70. Neve artificial foi suada pela primeira nos Jogos de Inverno Lake Placid 1980.

71. Antes de Sochi 2014, a Chama Olímpica viajou para a Estação Espacial Internacional e fez uma caminhada espacial com o cosmonauta Oleg Kotov.

72. O luge é o esporte Olímpico de inverno mais rápido, alcançando 144km/h.

73. Apenas 13 mulheres participaram dos primeiros Jogos Olímpicos de Inverno em Chamonix 1924. Em PyeongChang 2018, tivemos um recorde de 1.242.

74. No hóquei no gelo feminino, cinco das seis finais Olímpicas foram entre EUA e Canadá.

75. O Canadá é o país mais bem-sucedido no curling. Até 2018, o país ganhou seis ouros, três pratas e dois bronzes.

76. O sueco Gillis Grafstrom ganhou medalhas de ouro nos Jogos de Verão (Antuérpia 1920) e de Inverno (Chamonix 1924, St. Moritz 1928) no mesmo esporte - patinação artística.

77. O balé de esqui foi um esporte de demonstração nos Jogos Olímpicos em Calgary 1988 e Albertville 1992.

78. Em Calgary 1988, o quarteto mexicano dos irmãos Tames entrou no Guiness Book de Recordes Mundiais como maior número de irmãos participando de um mesmo evento, no bobsled.

79. Luge é a palavra francesa para "deslizar" e, como o bobsled, foi desenvolvido como esporte na Suíça. As primeiras pistas de luge foram construídas por um hotel suíço para entreter turistas que buscavam aventuras.

80. O norueguês Sondre Norheim é popularmente conhecido como o pai do salto de esqui moderno. Em 1866, ele ganhou o que é considerada a primeira competição de salto de esqui, na sua neve de seu país.

81. Antes do biatlo se tornar um esporte Olímpico em 1960, seu predecessor, que fez parte dos Jogos Olímpicos de 1924, chamava-se patrulha militar.

82. A pizza italiana foi o conceito por trás das medalhas presenteadas em Turim 2006.

83. Antes de Sapporo 1972, o Japão nunca havia ganhado uma medalha de ouro nos Jogos de Inverno. Então veio Yukio Kasaya, que liderou a pista normal no salto de esqui do início ao fim para levar o ouro em casa.

84. No skeleton, os atletas voam pela pista de gelo deitados de bruços, chegando a 130 km/h.

85. O esquiador de estilo livre Gus Kenworthy, medalhista de prata no slopestyle masculino em Sochi 2014, também é ator na série de TV 'American Horror Story'.

86. Os jogadores da NHL começaram a competir nos Jogos de Inverno em Nagano 1998.

87. A mascote oficial dos Jogos Olímpicos de Inverno Beijing 2022 é um panda chamada Bing Dwen Dwen. ‘Bing’ significa gelo e simboliza 'pureza e força' e 'Dwen Dwen' representa crianças.

Mascotes de Beijing 2022 
Foto: Lintao Zhang/Getty Images

88. Walt Disney foi o 'presidente' das cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos de 1960 em Squaw Valley.

89. Bill Johnson foi o primeiro americano a ganhar ouro no esqui alpino, superando a elite europeia nos Jogos de Inverno Sarajevo 1984.

90. Philip Boit, que foi o primeiro atleta a representar o Quênia nos Jogos de Inverno, competindo no cross-country em Nagano 1998, Salt Lake City 2002 e Turim 2006 - continua sendo um mentor para atletas jovens e foi o chefe de missão em PyeongChang 2018.

91. Nos Jogos Vancouver 2010, a lendária esquiadora alpina americana Lindsey Vonn competiu nos cinco eventos do alpino entre as mulheres, ganhando o ouro no downhill e bronze no Super-G, mesmo estando lesionada.

92. O atleta mais popular nas redes sociais em PyeongChang 2018 foi o snowboarder americano Shaun White.

93. Os Jogos de Cortina d'Ampezzo em 1956 foram os últimos em que as competições de patinação artística foram disputadas ao ar livre.

94. A americana Chloe Kim foi a primeira mulher a fazer dois 1080 seguidos no snowboard halfpipe nos Jogos Olímpicos.

95. Atletas das duas Coreias entraram no estádio Olímpico em PyeongChang 2018 durante a Cerimônia de Abertura sob a mesma bandeira para representar uma Coreia unificada.

96. Os atletas do esqui cross-country podem cobrir 30 milhas na neve em pouco mais de duas horas.

97. Apesar de saltarem até 90m de altura, os saltadores de esqui nunca ficam ficam mais de (aproximadamente) seis metros acima do solo.

98. A prova dos 5.000m masculina da patinação de velocidade em pista curta consiste em nada menos que 45 voltas!

99. Bobsleigh As equipes do bobsled pilotam seus trenós com curvas a 130-145 km/h.

100. Os Jogos Olímpicos de Inverno têm 100 anos, pois nasceram em 1921 quando o Congresso do COI autorizou o país-sede dos Jogos Olímpicos a sediar competições de esportes de inverno no mesmo ano.

Os Jogos Olímpicos Beijing 2022 acontecem de 4 a 20 de fevereiro de 2022.

Curiosidades: Parte 1 | Parte 2

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual