Ailing (Eileen) Gu viraliza almoçando durante a classificatória - superestrela chinesa revela seu "item essencial de viagem" para Beijing 2022

A estrela do esqui estilo livre, Gu, foi flagrada comendo na área de chegada após a classificação do slopestyle em Zhangjiakou. A medalhista de ouro disse ao Olympics.com o que aconteceu, a comida que ela carrega em sua bolsa na Vila e em outros locais e os conselhos para os jovens de todo o mundo. 

James Pratt & Ed Knowles
Foto: (Ash Tulloch / Olympic Channel)

Não foi assim que a superestrela de Beijing 2022, Ailing (Eileen) Gu, imaginou a classificação do esqui estilo livre slopestyle feminino.

Uma primeira corrida decepcionante nesta segunda-feira (14 de fevereiro) a deixou à beira de perder a final. Sua segunda corrida seria decisiva. Ao alcançar a área de chegada, a campeã mundial de 2021 sabia que havia melhorado, mas seria o suficiente?

Os telespectadores de todo o mundo não viram a esquiadora do estilo livre chinesa ostentando um olhar nervoso ou um ar de alívio... ao invés disso, eles a viram comendo.

"Eu não tive tempo para ficar no alojamento e almoçar. Trouxe o almoço na parte de baixo [e] estava comendo enquanto esperava o placar", compartilhou Gu com o Olympics.com, explicando que um atraso climático causou mudanças em seus horários de treinamento e horários de refeição no Parque de Neve de Genting.

"Eu estou competindo em três eventos e, como o slopestyle foi adiado, acabou que interferiu no treinamento [halfpipe]. Então, o treinamento com o pipe já havia começado quando eu estava começando minha segunda rodada de classificações [slopestyle]".

"Eu sou um praticante muito agressiva. Algumas pessoas pegam mais leve durante os treinos. Mas para mim pessoalmente..., o treino é 'Vá, vá, vá.' Então eu sei que não teria tempo [para comer]. Eu meio que pulei toda a mídia. Acho que bati um recorde mundial por fazer isso passando pela zona mista, eu fiquei tipo, 'Desculpa, desculpa, desculpa'".

As pontuações de Gu foram boas o suficiente para levá-la até a final na terça-feira, e ela admitiu estar nervosa, mas não foi apenas na área de chegada que a medalhista de ouro do big air estava almoçando.

"Eu estava comendo na barra T (superfície elevada que conduz até o halfpipe). Eu terminei quando cheguei ao topo, e estava pronta para largar imediatamente, então tive um bom par de horas de treino no pipe".

Quando as fotos de seu lanche rápido se tornaram virais nas redes sociais do @Olympics, Gu respondeu: "As meninas têm que comer".

Ailing (Eileen) Gu responde a postagem feita no Instagram do Olympcs dela almoçando na área de chegada na classificação do esqui estilo livre de Beijing 2022
Foto: Olympics / Instagram

Gu não é a única atleta em Zhangjiakou que falou sobre a necessidade de comer nas pistas. A praticante americana de snowboard Chloe Kim revelou que também estava com fome, imediatamente após conquistar a medalha de ouro no halfpipe.

O item essencial de viagem de Ailing (Eileen) Gu

Comida é um tema comum quando se fala com Gu. Além de contar que seu almoço foi “uma espécie de macarrão de arroz com cebolinha chinesa”, ela nos contou qual é o único item que fica na bolsa durante os Jogos Olímpicos de Inverno.

"Meu azeite de trufa branca é essencial para viagens", revela Gu com um sorriso.

"Eu levo ele comigo. Eu o uso no café da manhã e no jantar. Eu não trouxe para o almoço porque eu senti que isso seria excessivo".

Ele não é o seu bem mais precioso, no entanto.

"Minha medalha de ouro no big air é provavelmente meu bem mais precioso agora", disse a jovem de 18 anos, que também fez menção especial a um presente que ganhou nesses Jogos Olímpicos de Inverno.

"Tem um broche de ouro que eu ganhei, eu coloquei nos meus stories do Instagram. É como um broche de ouro de Beijing 2022 e tem strass ao redor. É muito raro. Eu ganhei de um voluntário, então esse presente eu amo muito."

"Você nunca é jovem demais para fazer mudanças"

Gu recebeu elogios por seus comentários inspiradores depois de ganhar o ouro no big air nos Jogos Olímpicos de Inverno realizados em seu país natal.

E ela disse algumas palavras de encorajamento para todos que a apoiaram, 'amigos' ao redor do mundo, incluindo onde ela mora, Estados Unidos.

"Encontre sua paixão. Siga-a. Tente encontrar sua voz e faça mudanças com ela".

"Você nunca é jovem demais para fazer mudanças, então se você é jovem, vá lá e faça o que quiser. Faça do mundo um lugar melhor".

SEJA OLÍMPICO, GANHE TUDO ISSO.

Eventos esportivos ao vivo gratuitos. Acesso ilimitado a séries. Notícias e destaques olímpicos sem igual